Chegou a hora de você financiar a sua empilhadeira nova

Há muitas empresas querem iniciar suas atividades de movimentação de cargas com empilhadeiras. Outras querem trocar sua frota por outras máquinas mais novas e modernas… E há ainda aquelas que pretendem expandir suas operações adquirindo novas empilhadeiras.

Seja qual for o caso, o fato é que as empilhadeiras se tornaram equipamentos indispensáveis para tornar as operações logísticas mais ágeis e eficientes.

E se antes elas eram soluções exclusivas de grandes negócios, hoje as empilhadeiras fazem parte do dia a dia de empresas de todos os portes e segmentos empresariais.

Porém, todos nós sabemos que apesar de os empresários reconhecerem a importância das empilhadeiras, muitos ainda têm dificuldades de arcar com esse investimento e acabam buscando por marcas inferiores ou por equipamentos usados em estado de conservação duvidoso – o que na maioria das vezes acaba trazendo mais dores de cabeça do que soluções.

Confira abaixo as opções viáveis de financiamento ou, se preferir, pode falar diretamente conosco. CLIQUE AQUI

1. PASSOS PARA O FINANCIAMENTO VIA BNDES/FINAME

Para facilitar o acesso a equipamentos novos, há no mercado opções de financiamentos que facilitam o acesso a créditos para compra de empilhadeiras. E uma das alternativas mais viáveis é o financiamento do BNDES/FINAME, que oferece baixas taxas de juros e prazos de pagamento que podem chegar a 10 anos, além de financiar até 100% do equipamento.

O processo de aquisição deste financiamento funciona da seguinte maneira:

  • Passo 1: Primeiro você deve escolher a empilhadeira que deseja adquirir (CLIQUE AQUI que nós ajudamos você nesta etapa).
  • Passo 2: Em seguida, deverá procurar um agente financeiro credenciado e solicitar o financiamento. Os agentes financeiros são instituições financeiras autorizadas a repassar os recursos do BNDES, podem ser bancos comerciais, bancos de desenvolvimento, agências de fomento ou cooperativas de crédito etc.
  • Passo 3: O agente financeiro analisa a sua solicitação e a sua situação financeira e, caso aprove a operação, encaminha a solicitação de financiamento ao BNDES.
  • Passo 4: O BNDES avalia a solicitação, observa se está de acordo com as normas e, em caso positivo, autoriza o financiamento.
  • Passo 5: O agente autoriza a entrega da empilhadeira.
  • Passo 6: O BNDES repassa ao agente financeiro o valor a ser financiado (mediante solicitação e apresentação da nota fiscal).

Somente empilhadeiras novas e nacionais: Se a taxa de juros e os prazos de pagamento são bem atrativos, é importante destacar que esse financiamento via FINAME, disponível na linha BK Aquisição e Comercialização, só é autorizado para equipamentos que sejam novos, fabricados no Brasil e que sejam credenciados pelo BNDES.

E se você se interessou pelo financiamento via BNDES uma ótima notícia. A Kion Group possui uma fábrica aqui no Brasil, na cidade de Indaiatuba SP, em que são produzidas empilhadeiras com tecnologia alemã e que podem ser financiadas por meio da linha de financiamento do BNDES/FINAME, já que são credenciadas junto ao órgão. ACESSE AQUI e fale conosco sobre as opções de empilhadeiras para suas operações.

2. FINANCIAMENTO VIA KION GROUP

Outra opção de financiamento que tem atraído empresários brasileiros é por meio direto com a Kion Group, fabricantes das empilhadeiras Linde e Still, que tem expandido sua linha de crédito para que as empresas disponham de facilidades e taxas atrativas de juros no momento de financiar sua empilhadeira.

Para saber mais sobre este financiamento, CLIQUE AQUI e fale com a nossa equipe.

Aproveite as taxas baixas de juros e faça AGORA seu financiamento. Esta é a oportunidade de você levar muito mais produtividade para suas operações.

 

Manutencao preventiva empilhadeiras

ECH 12: a incrível novidade da Still

 

A Still inovou mais uma vez ao criar esta incrível solução: a Transpaleteira Elétrica ECH 12. Com um custo bem mais baixo que as transpaleteiras elétricas tradicionais, a ECH 12 é impulsionada pela inovadora tecnologia Li-Ion, com potência de 0,65 kW, que é praticamente livre de manutenção.

SÓ VANTAGEM: e se essa solução é mais barata que as transpaleteiras elétricas, com a ECH 12 você tem ainda muito mais economia, já que ela faz o trabalho de no mínimo DUAS paleteiras manuais. Ou seja, menos gasto com pessoal e muito mais produtividade.

E uma grande notícia: você não precisará trocar a bateria com a sua Stil ECH 12. Aliás, a potente bateria de íons de lítio permite uma carga intermédia rápida e fácil, com capacidade de trabalho contínuo de até 3 horas.

Outro diferencial da ECH 12 é a sua incrível versatilidade para atuar em corredores estreitos – pois ela opera em um raio de giro de apenas 1390 mm.

Com capacidade de transportar cargas de até 1.200 quilos, a transpaleteira elétrica ECH 12 possui ainda um visor multifuncional, que fornece informações de serviço, como as horas de operação e os níveis de carga da bateria.

E não é só isso…

A transpaleteira Still ECH 12 disponibiliza acesso com chave única que impede o acesso de terceiros. Além disso, tem ergonomia incrível, com operação livre de fadiga graças à unidade de direção precisa e intuitiva, com processos de elevação e direção podem ser controlados simultaneamente.

MAS ATENÇÃO: há poucas unidades disponíveis e com taxa de financiamento exclusiva somente para este mês.

 

ECH - STILL - TRANSPALETEIRA

ECH - STILL - TRANSPALETEIRA

 

Acesse AGORA e entre em contato para saber mais sobre a Still ECH 12 e formas de financiamento

Manutencao preventiva empilhadeiras

linde-t20sp-jm-empilhadeiras-empilhadeiras-locacao-venda

Transpaleteira Linde T20SP: não tem comparação!

 

Quando o assunto é transpaleteira pode ter certeza: nem todas são iguais.

A transpaleteira elétrica Linde T20SP deixa as concorrentes pra trás por ter sido projetada com a mais alta tecnologia, uma garantia de muito mais PRODUTIVIDADE, ERGONOMIA e SEGURANÇA.

A Linde T20SP dispõe de rodas estabilizadoras e suspensão hidráulica controlada eletronicamente, resultando em excelente estabilidade e tração.

O motor da T20SP é à prova de umidade e poeira, o que torna o equipamento praticamente livre de manutenção, resultando em mais produtivo e econômico.

Outra vantagem que traz muito mais segurança às operações é um sensor que faz com que a máquina ande somente a 1km/h, caso o compartimento da bateria não esteja completamente travado.

A Linde T20SP oferece muito mais conforto, com acachoados para apoio das pernas das costas do operador, além de uma elevação no piso da máquina que proporciona muito mais ergonomia ao pé do operador.

Todo esse conjunto previne a fadiga e contribui para que você tenha muito mais produtividade.

Por falar em operador, a Linde T20SP é referência absoluta em segurança. O cockpit é de aço resistente, e um compartimento protege o operador em toda a operação.

E mais: Esta transpaleteira elétrica conta com direção elétrica que pode ser operada com apenas uma mão.

A T20SP conta com um display digital, que além de informações de horímetro, carga de bateria, códigos de falhas, datas, também é utilizado para habilitar o funcionamento da máquina através de senha

Dispõe ainda de sistema de redução automática de velocidade nas curvas e freio de emergência eletromagnético proporcional ao peso da carga

E o poderoso motor de AC de 3KW da Linde T20SP permite uma aceleração rápida, atingindo a velocidade máxima em apenas cinco metros.

Você merece mais produtividade e economia. Suas operações precisam desta incrível solução da Linde.

Entre em contato agora para conhecer mais diferenciais da transpaleteira Linde T20SP, a melhor em segurança, ergonomia e produtividade.

 

Manutencao preventiva empilhadeiras

 

 

Comprar ou alugar uma empilhadeira?

 

Confira neste artigo 7 vantagens da locação que devem ser levadas em conta na hora de você fazer a sua escolha

A verticalização de estoques deixou de ser uma tendência e se tornou uma realidade necessária a todas as empresas. Afinal, além de ganhar mais espaço, você terá acessos mais fáceis ao estoque e às matérias-primas, aumento na capacidade de estocagem, muito mais agilidade e melhor aproveitamento das equipes – já que haverá uma redução no tempo entre a retirada do estoque ou insumo até o destino final.

Se o processo de verticalização dos estoques cresce a cada dia, a procura por empilhadeiras para operacionalizar esse trabalho também aumenta na mesma proporção.

Mas a verticalização não é o único fator que tem feito o mercado de empilhadeiras crescer no país, mesmo durante esta crise pela qual estamos passando. As empresas estão trocando o trabalho manual de transporte pelo uso de equipamentos para agilizar os processos e diminuir os custos operacionais, a exemplo do que já acontece com as empresas europeias.

E a pergunta que surge neste momento é: comprar ou alugar uma empilhadeira?

NA BALANÇA

Hoje há uma crescente procura por terceirização das frotas de carros e caminhões – e que o mesmo tem acontecido com as empilhadeiras, já que ao colocar na balança os prós e contras da locação o empresário acaba percebendo que esta opção é, na maioria das vezes, muito mais vantajosa, tanto por questões financeiras, como por questões de produtividade. Não é à toa que praticamente metade da frota de empilhadeiras no Brasil é proveniente de locação.

Pensando nisso, separamos neste artigo 7 benefícios da locação:

  1. Você terá um custo fixo mensal determinado: caso a empilhadeira apresente problemas inesperados, a locatária é a responsável por custear essa manutenção. O mesmo não aconteceria se a empilhadeira fosse própria – ou seja, com uma frota própria além de peças para reposição, você também teria que ter à disposição técnicos qualificados, ou então contratar terceiros – que além de ser mais oneroso dependerá de disponibilidade.
  2. Você não estará preso à frota: quando você compra um determinado tipo de equipamento deverá ficar com ele por um bom tempo – já em um contrato de locação, você tem a flexibilidade de efetuar a troca de equipamento caso seja necessário, conforme as demandas das suas operações.
  3. Livre de desvalorização: assim como acontecem com carros e caminhões, ao comprar uma empilhadeira você terá uma defasagem constante no valor – e na hora de trocá-la sentirá o ônus dessa desvalorização. Isso sem contar que ao comprar uma empilhadeira terá que fazer um investimento relativamente alto – sendo que este investimento poderia estar sendo utilizado no seu negócio.
  4. Sem necessidade de estoque: com a locação você não precisará manter um estoque de peças e componentes para reposições imediatas em casos de quebras – pois isso é de responsabilidade da empresa locatária.
  5. Custos de manutenções: a preocupação e as despesas decorrentes das manutenções preventivas, que incluiu tanto os técnicos, como a troca de óleos, filtros, pneus, etc., ficará a cargo da empresa terceirizada.
  6. Core business: os novos e bem sucedidos modelos de gestão têm uma característica em comum – eles são focados em seu “core business”, ou seja, todo o esforço é focado no núcleo do negócio. Uma empresa do setor de alimentos, por exemplo, não precisa investir tempo, esforço e pessoal para serem experts em empilhadeiras. Em vez disso, concentram todos os recursos naquilo que agrega valor real ao núcleo do negócio.

As empresas que atuam com locação de empilhadeiras têm muito mais expertise e condições técnicas de oferecer uma gestão operacional melhor e mais eficiente. Isso vai garantir não apenas um alto rendimento e muito mais produtividade, como também mais economia. Os empresários brasileiros já perceberam isso, e por essa razão as terceirizações estão cada vez mais em alta no país.

  1. Índice de disponibilidade: este é um indicador de grande relevância para suas operações, pois ele revela o percentual de tempo que a máquina realmente esteve disponível para operação. Ou seja, quanto mais paradas e quebras inesperadas, menor será esse índice – e é claro, maior será o seu prejuízo

As empresas que prestam o serviço de locação têm muito mais condições técnicas de manter um alto índice de disponibilidade. Aqui na JM Empilhadeiras, por exemplo, temos mensurado que nossos equipamentos apresentam um índice de 99% – valor que representa um significativo ganho de produtividade e redução de custos. (clique para saber mais sobre índice de disponibilidade)

Essas são apenas algumas vantagens que a sua empresa terá com a locação de empilhadeiras. Mas é claro que há casos e casos, e é preciso sempre um estudo mais detalhado das operações. O importante é que você avalie bem as empresas de locação disponíveis no mercado e opte por aquelas com maior credibilidade.

Acesse AGORA pelo botão abaixo e faça um orçamento sem compromissos

Manutencao preventiva empilhadeiras

 

Linde H40: A gigante ideal para suas operações

 

Força, alto desempenho, gestão energética inigualável e muito mais produtividade. Chegou a hora de você contar com essa gigante alemã em suas operações. Chegou a hora de você turbinar sua produção com a empilhadeira Linde H40.

A Linde H40 pode elevar cargas de até 4 toneladas de forma eficiente, segura e com uma economia de custos operacionais de até 40% se comparada às concorrentes.

Isso graças a um conjunto tecnológico sem precedentes no mercado de empilhadeiras. Como a exclusiva Transmissão Hidrostática Linde, e a avançada tecnologia de Controle de Cargas, que permite ao operador utilizar o grande potencial da empilhadeira Linde H40 para maximizar a produção.

O Linde Safety Pilot é um sistema de assistência para as operações – ele calcula a altura de elevação, a carga e o ângulo máximo permitido de acordo com a capacidade nominal do equipamento – proporcionando muito mais segurança e eficiência.

E por falar em segurança, as empilhadeiras Linde H40 também possuem o Assistente de Curvas, que regula automaticamente a velocidade da empilhadeira nas curvas.

A transmissão hidrostática exclusiva da Linde dispensa a presença de caixa de velocidades, embreagem, diferencial e freio de tambor. Tornando os custos de serviços e manutenções da Linde H40 baixíssimos e diminuindo os tempos de parada, tornando a sua produtividade incomparável.

A Linde H40 conta com o Sistema exclusivo Linde de pedal com dupla função – que possibilita uma rápida mudança de frente/ré sem que o operador precise mover os pés dos pedais.

Esse sistema somado Joysticks e ao banco com várias funções de regulagem reduzem o movimento de pés e mãos em até 50% se comparados às concorrentes gerando muito mais produtividade.

E isso faz com que a empilhadeira Linde H40 também deixe as concorrentes pra trás quando o assunto é ergonomia.

Esta gigante da Linde tem grande estabilidade, elevada capacidade de carga residual e excelente visibilidade.

Mas esses são apenas alguns dos diferenciais da empilhadeira Linde H40.

Entre agora em contato para saber mais e conhecer todos os benefícios que este equipamento único tem para suas operações.

 

Manutencao preventiva empilhadeiras

Still RC44: top em eficiência e custo-benefício

Hoje vamos apresentar a você uma solução Still versátil, com um conjunto mecânico de ótimo desempenho, econômica e com baixo custo de manutenção. É a empilhadeira a GLP, Still RC44.

Fabricada no Brasil, na cidade de Indaiatuba, a RC tem excelente desempenho graças ao seu conjunto de tração que harmoniza potencia, baixo consumo de combustível e durabilidade.

Com modelos com capacidade de carga de 2.5 ou 3.5 toneladas, a empilhadeira Still RC 44 conta com Transmissão Powershift, com velocidade única de avanço e reversão. Além disso, possui baixo nível de ruído e é ideal para operações de carga e descarga, e movimentação por longas distâncias.

A RC44 tem excelente visão panorâmica, graças ao design estreito das colunas da cabine e ao mastro com perfis dispostos de forma compacta, possui ainda Sistema de direção independente das funções hidráulicas e é equipada com sistema de sensibilidade de carga “Load Sensing”.

O Sistema elétrico é protegido contra água e poeira e é de fácil interpretação. Com a empilhadeira Still RC44 você terá as manutenções somente a cada 500 horas, e contará com a garantia Still de um ano ou 2 mil horas.

E graças à robustez do mastro, você terá melhor absorção das torções provenientes de piso e carga, resultando em maior segurança e melhor capacidade de carga residual

E agora mais um diferencial incrível. Com a empilhadeira Still RC44 você tem grande disponibilidade de peças e acesso a financiamentos via Finame BNDES ou diretamente com a Kion Group.

Entre em contato agora com a empresa número um em pós venda do país… Temos opções para vendas e locação dessa incrível solução Still.

Manutencao preventiva empilhadeiras

Saiba por que a JM é a número 1 em assistência técnica

 

 

Toda empresa que compra uma empilhadeira precisa ficar atenta a fatores como marca, consumo e segurança. Mas um item essencial que não pode ficar de fora é a assistência técnica.

Uma boa retaguarda para assistência técnica, manutenções preventivas e reposições rápidas de peças, garante que seu equipamento trabalhe muito mais – evitando aquelas longas e frequentes paradas, que acabam comprometendo sua produção e trazendo grandes prejuízos.

É por isso que a JM Empilhadeiras investe pesado neste segmento e é considerada referência nacional em Assistência Técnica e venda de peças, sendo premiada e reconhecida em todo o país pela agilidade e eficiência nos atendimentos.

Com mais de 150 técnicos altamente qualificados, uma frota de apoio com mais de 70 veículos e milhares de peças para reposições rápidas, a JM Empilhadeiras realiza uma média de 600 atendimentos por mês.

E além das unidades localizadas em várias regiões do país, a JM Empilhadeiras criou os CATs, que são Centros de Assistências Técnicas e apoio às unidades da JM, localizados nas cidades de Lençóis Paulista e Cuiabá.

Em Lençóis, por exemplo, o CAT conta com uma área de 10 mil metros quadrados, onde é realizado o gerenciamento técnico das unidades, o monitoramento e o controle da qualidade dos serviços, testes de novos equipamentos, customização de componentes, assistência e venda de peças, além da formação técnica das equipes.

E por falar em treinamentos, a JM Empilhadeiras criou um setor específico para as capacitações, e hoje conta com a equipe técnica mais bem preparada do país.

Todo esse investimento em infraestrutura e qualificação técnica traz à JM Empilhadeiras o reconhecimento de clientes e entidades.

  • Em 2017, a JM recebeu do Senai o prêmio Melhor Pós-Venda na categoria Empresas de Movimentação de Cargas = e repetiu a conquista em 2019.
  • Em 2018, a JM ganhou o Prêmio Melhor Manutenção na categoria Empresas de Movimentação de Cargas.
  • E em 2020, a JM Empilhadeiras foi eleita pela Kion Group como a empresa com o melhor serviço de pós-venda de todo o Brasil, recebendo o prêmio Top-Service.

CLIQUE AQUI e faça seu orçamento para compra, locação ou assistência técnica. Afinal, sua empresa merece o melhor. Sua empresa merece a JM Empilhadeiras.

Dicas importantes para aumentar a durabilidade das baterias tracionárias

Dicas pra aumentar a durabilidade das baterias tracionárias

Uma das questões mais comuns que chega até nós é esta: quanto tempo dura uma bateria tracionária de empilhadeiras elétricas?

E a resposta não é tão simples quanto pode parecer, pois o tempo de duração das baterias depende diretamente dos procedimentos e dos cuidados que você tem com o equipamento. Se forem adotadas as medidas corretas, uma bateria tracionária de empilhadeiras elétricas pode durar quatro anos ou até mais.

Confira algumas dicas importantes tanto para aumentar a durabilidade das baterias tracionárias, como também para garantir a segurança da sua equipe (aproveite pra replicar este conteúdo para os responsáveis pelo equipamento e pelo abastecimento das baterias).

  • Não deixe a bateria descarregada por várias horas: atente-se para este fator, inclusive nos finais de semana. Deixar a bateria descarregada faz com ela vá perdendo a autonomia.
  • Trabalhar com ela muito aquecida: Acima de 35°C, o sulfato de chumbo passa a perder suas propriedades e o componente vai decantando para o fundo da bateria, o que é extremamente prejudicial. Portanto, quando o indicador de carga da bateria estiver vermelho, é o momento de recarrega-la.
  • Para não transbordar solução ácida, só abasteça próximo ao final da carga, durante a gaseificação.
  • Trepidação: em pisos irregulares e em manobras mais bruscas acontece de a massa desprender das placas e ficar alojada no fundo da bateria. Esse também é um fator que influencia na durabilidade do componente.
  • Ao encaixar a bateria na empilhadeira, lembre-se de travá-la corretamente para que não saia do lugar.
  • A temperatura de uma bateria tracionária antes da carga deve estar sempre abaixo de 40 graus. Se estiver acima disso, espere que ela esfrie para dar a carga.
  • Cuidado com a falta de água: apesar de ser um tanto quanto óbvio, ainda há operadores que falham neste processo.

 

baterias-tracionarias-jm-empilhadeiras-dicas

MUITA ATENÇÃO À ÁGUA UTILIZADA

  • Sempre utilize água destilada, desmineralizada ou deionizada, com condutância que não ultrapasse 30micro Siemens NOTA: atente-se para o tempo de armazenamento desta água. Se estocarmos por um longo período água desmineralizada ou deionizada ela vai aumentar gradativamente sua condutância.
  • Como dissemos acima, ainda há operadores que não observam a água das baterias. Elas jamais podem operar na carga ou na descarga faltando água, e principalmente com placas dos elementos descobertos. A regra é: verificar sempre, antes e depois do uso.
  • Essa dica é importante: evite abastecer a água antes das cargas, e se for necessário, coloque água antes de colocar a bateria no processo de carga, que seja somente cobrindo as placas dos elementos que estiverem à mostra.
  • Não encha os elementos (vasos) tampando à exaustão dos gases provenientes das reações químicas que ocorrem dentro das baterias.
  • Você sabe qual o melhor momento para colocar a água? A resposta é: no final de cada carga, pois a liberação de gases já ocorreu em grande quantidade e os elementos que estavam “presos” nas placas já foram liberados.
  • Muita atenção e cuidado com o manuseio porque o eletrólito que fica dentro da bateria contém ácido sulfúrico, sendo um agente extremamente forte que pode provocar queimaduras graves.
  • Utilize SEMPRE os EPIs apropriados para operação das baterias tracionárias.

baterias-tracionarias-jm-empilhadeiras-dicas-empilhadeiras-eletricas

 

FALE COM QUEM TEM AUTORIDADE NO ASSUNTO!

Se você precisa de assistência técnica, peças ou quer comprar ou locar um equipamento, fale com a gente. A JM Empilhadeiras é referência nacional no segmento e nossa equipe está à disposição pra ajudar você. CLIQUE AQUI e peça seu orçamento.

 

15 razões pra você escolher a Still RX50

Você sabia que a melhor empilhadeira elétrica de três rodas do mundo é da Still? E o melhor de tudo: é fabricada no Brasil, na cidade de Indaiatuba. Estamos falando da empilhadeira Still RX50

Desde o mastro e colunas da proteção do operador estreitas para um maior campo de visão até o conjunto da cabine com os comandos de controle perfeitamente distribuídos, cada detalhe da Still RX50 foi projetado para proporcionar o melhor conforto e segurança à operação.

Além disso, é uma empilhadeira elétrica perfeita para aplicação em espaços reduzidos, já que suas dimensões compactas e alta capacidade de realizar manobras permitem a operação em corredores estreitos ou para trabalhos dentro de caminhões e contêineres.

 

Faça AGORA seu orçamento clicando AQUI e conheça as vantagens e as facilidades de financiamento da empilhadeira Still RX50.

 

15 razões para escolher a Still RX50

  1. Excelente capacidade de carga residual: pode levantar até 1,6 toneladas com um centro de carga de 500mm
  2. Manuseio preciso da carga: o banco do operador e a coluna da direção da empilhadeira Still RX50 estão voltados para um lado, proporcionando uma melhor visibilidade
  3. Potência total: poderoso motor de tração de 24 volts e corrente alternada, protegido contra poeira e umidade
  4. Mover produtos de forma eficaz: velocidade de até 12 km/h
  5. Confortável assento com três tipos de ajuste: inclinação, peso e ajuste horizontal Operação simples e confortável graças à disposição inteligente dos elementos de comando
  6. Excelente estabilidade ao realizar curvas devido ao sistema de controle de velocidade em curvas
  7. Energia suficiente para operações com vários turnos: alta capacidade e substituição lateral da bateria
  8. Controle de desempenho perfeito: o monitor mostra a energia restante da empilhadeira e status atual de carga
  9. Com apenas um toque de um botão, é possível escolher entre cinco programas de operação independentes, permitindo que o equipamento se adapte perfeitamente ao trabalho necessário
  10. Ajustável para todas as tarefas: velocidade, aceleração e frenagem podem ser definidas individualmente
  11. Operação sensível e controle contínuo da velocidade de elevação: tecnologia de válvula proporcional de última geração
  12. A empilhadeira Still RX50 tem amplo campo de visão para todos os lados, incluindo o protetor de teto
  13. Cabine do operador com excelente espaço interno
  14. Alto nível de segurança graças ao baixo centro de gravidade do equipamento
  15. Substituição lateral de bateria para maior agilidade e segurança, reduzindo riscos de acidentes e avarias

 

 

 

Manutencao preventiva empilhadeiras

transpaleteira-still-jm-empilhadeiras-still-transpaleteira

Comece o ano com uma transpaleteira novinha!

Se você busca por mais agilidade e eficiência no manuseio de cargas em sua empresa, então esta é a chance de você levar para os seus negócios uma transpaleteira Still.

Fabricadas no Brasil com desempenho incomparável e facilidade de financiamentos via FINAME/BNDES, a Still disponibiliza várias opções de transpaleteiras, manual ou elétricas.

Confira AGORA os modelos abaixo ou CLIQUE AQUI para fazer um orçamento diretamente com a JM Empilhadeiras.

Transpaleteira Elétrica STILL EGU-C

Transpaleteira ideal para o transporte de cargas na horizontal com até 2 toneladas. As dimensões compactas e com incrível facilidade de realizar manobras fazem da transpaleteira elétrica Still EGU o equipamento perfeito para movimentação interna de materiais.

Graças à sua construção robusta e utilização de componentes de alta qualidade, a EGU C impressiona com seu baixo custo operacional.

E para dar ainda mais agilidade nas manobras, o design ergonômico do timão e a disposição inteligente dos comandos de acionamento permitem que o operador possa trabalhar com apenas uma das mãos, seja ele destro ou canhoto.

 

Transpaleteira Manual Still TX25

paleteira still

Seja para estoques, almoxarifados ou linhas de produção, a transpaleteira manual Still TX25 tem capacidade para transportar cargas com até 2500 quilos surpreende com a facilidade de manobras em espaços mais estreitos – isso por causa do timão com design ergonômico e os rebaixos nas pontas dos garfos, que facilita a entrada nos pallets.

Além de rodas direcionadas duplas e rodas de carga simples fabricadas em nylon – uma garantia de vida útil elevada é a possibilidade de escolher o material ou a configuração de rodagem mais adequada de acordo com o piso da sua empresa.

 

Transpaleteira Elétrica Still ERX

TRANSPALETEIRA STILL ERXSe você procura por ergonomia e robustez e quer operações mais ágeis, então precisa conhecer a Transpaleteira Elétrica Still ERX – equipamento Still com o operador a bordo em pé que reúne tudo isso e muito mais.

Transpaleteira ideal para a movimentação horizontal de materiais e o carregamento e descarregamento de caminhões e contêineres, inclusive no trabalho em docas niveladoras.

A ERX agora conta com o sistema opcional de direção elétrica, que aumenta ainda mais a ergonomia do operador, sendo perfeita para operações em espaços reduzidos.

Além disso, o chassi resistente e robusto é perfeito para as mais variadas aplicações de transporte de mercadorias – sem contar o potente sistema de tração com motor de corrente alternada trifásica e encapsulado, que se torna livre de manutenção.

O sistema hidráulico da transpaleteira Still ERX é de alto desempenho para garantir excelente velocidade de elevação, mesmo com carga máxima nos garfos, gerando alta produtividade.

FREIO REGENERATIVO: e uma vantagem incrível é o freio eletrônico regenerativo. Quando o operador libera o acelerador ou reverte o sentido de deslocamento, a transpaleteira é freada e parte da energia de seu movimento é utilizada para alimentar a bateria,  aumentando a sua autonomia.

 

CLIQUE AQUI e peça AGORA seu orçamento das transpaleteiras Still. Nossa equipe entrará em contato com você rapidamente para dar todas as informações de que você precisa para fazer um excelente negócio.

Termine 2019 de Still

Que tal terminar o ano levando muito mais eficiência e economia para os seus negócios? Com tecnologia alemã e equipamentos fabricados no Brasil, a empilhadeira preferida das empresas brasileiras conquista a cada dia mais o mercado nacional. Criada na Alemanha em 1920, a Still é reconhecida pelo excelente custo/benefício dos equipamentos, pela versatilidade e constante inovação tecnológica.

E desde que inaugurou sua fábrica no Brasil, na cidade de Indaiatuba, a procura pelas empilhadeiras Still aumentou ainda mais – não só pelos benefícios dos equipamentos, mas também pelo fato de agora ser mais fácil conseguir o financiamento por meio do FINAME/BNDES (acesse aqui para saber mais)

Confira abaixo algumas das soluções Still mais procuradas e entre em CONTATO agora mesmo para fazer o seu orçamento.

Manutencao preventiva empilhadeiras

TRANSPALETEIRA MANUAL STILL TX25 

Com excelente custo-benefício, a Transpaleteira Manual Still TX25 é adequada para uso em caminhões, pequenos armazéns e mercados, com capacidade de carga para 2.500kg. O timão com design ergonômico facilita as manobras em pequenos espaços e os rebaixos nas pontas dos garfos facilita a entrada nos pallets.  CLIQUE AQUI para fazer o seu orçamento

Manutencao preventiva empilhadeiras

 

 

TRANSPALETEIRA ELÉTRICA STILL ERX

Equipamento com o operador a bordo em pé que reúne ergonomia, agilidade e robustez. Ideal para a movimentação horizontal de materiais e o carregamento e descarregamento de caminhões e contêineres, inclusive em docas niveladoras. CLIQUE AQUI para fazer o seu orçamento

Manutencao preventiva empilhadeiras

 

EMPILHADEIRA STILL EGV14/16


Para atuar em corredores menores do que 2,5 metros, a Empilhadeira Elétrica com operador em pé, STILL EGV14/16, é uma excelente opção para verticalização de materiais – podendo elevar os seus paletes até 5,46 metros de altura. Capacidade nominal de 1.400Kg* na EGV14 e capacidade nominal de 1.600Kg* na EGV16. CLIQUE AQUI para fazer o seu orçamento

Manutencao preventiva empilhadeiras

 

EMPILHADEIRA ELÉTRICA STILL FMX


A FMX oferece alta capacidade de carga residual, aliado a comandos precisos e ótimo campo de visão, permitem armazenagens em altas elevações e corredores estreitos com muito mais produtividade. Baixo custo de manutenção graças à robustez e à alta disponibilidade – maior tempo de operação sem paradas. Esta solução Still é a mais vendida da sua classe e é a solução perfeita para o transporte e armazenamento verticalizado de cargas. CLIQUE AQUI para fazer o seu orçamento

Manutencao preventiva empilhadeiras

 

EMPILHADEIRA RC44 25C

Empilhadeira Still RC44 25C

Com dois tipos de motorização, os motores GCT (Nissan) K21e K25 da RC44 25C oferecem potência e baixo consumo de combustível – somados à alta disponibilidade da empilhadeira. Movida à GLP com vaporizador nacional, a Still RC44 25C proporciona máximo rendimento com baixa emissão de poluentes, e a transmissão Powershift da Empilhadeira Still RC44 25C, com velocidade única de avanço e reversão, possui baixo ruído. CLIQUE AQUI para fazer o seu orçamento

Manutencao preventiva empilhadeiras

 

EMPILHADEIRA STILL RX50

rx50-still-empilhadeira-eletrica-jmempilhadeiras
Considerada a melhor empilhadeira elétrica de três rodas do mundo, e agora produzida no Brasil, a RX50 é referência em ergonomia, economia de energia e produtividade. Desde o mastro e colunas da proteção do operador estreitas para um maior campo de visão até o conjunto da cabine com os comandos de controle perfeitamente distribuídos, cada detalhe é projetado de forma a proporcionar o melhor conforto, segurança e produtividade à operação.  CLIQUE AQUI para fazer o seu orçamento

Manutencao preventiva empilhadeiras

 

VEJA TAMBÉM

5 RAZÕES PRA ESCOLHER UMA EMPILHADEIRA NOVA - jm-empilhadeiras-empilhadeiras

empilhadeiras-still-razoes-pra-escolher-empilhadeiras-still-jmempilhadeiras (1)

JM é premiada pelo terceiro ano

Pelo terceiro ano consecutivo, a JM Empilhadeiras foi destaque no “Prêmio Painel Logístico SENAI” – uma iniciativa do SENAI para premiar as empresas que se destacaram pela excelência dos serviços durante o ano no segmento de logística.

A avaliação das empresas foi feita mediante pesquisa de mercado, análise do comitê técnico do SENAI e por consultorias especializadas.

“Estamos realmente muito felizes. É um prêmio que coroa o empenho e o envolvimento da nossa equipe técnica, e que nos mostra que estamos no caminho certo, o caminho da excelência na prestação de serviços”, avalia Rurik Travain Ayub, responsável pelo setor de marketing da JM Empilhadeiras e que esteve em São Paulo para receber o prêmio no dia 4 de dezembro.

 

ASSISTÊNCIA TÉCNICA PREMIADA

Há 30 anos no mercado, a JM Empilhadeiras é reconhecida e premiada nacionalmente pelos serviços na área de pós-venda e assistência técnica.

Em 2017, a JM Empilhadeiras foi eleita a empresa de movimentação de cargas com o MELHOR PÓS-VENDA. O prêmio foi concedido pelo Senai por meio do Painel Logístico 2017.

No ano passado, a JM recebeu o prêmio TOP MANUTENÇÃO, e agora, em 2019, mais uma vez recebeu o prêmio de MELHOR MANUTENÇÃO!

Além disso, em pesquisas de satisfação com os clientes o serviço de assistência técnica tem 97% entre “ótimo” e “bom” no requisito “agilidade dos serviços”.

Além de unidades operacionais em vários estados do país, a JM Empilhadeiras possui dois Centros Assistência Técnica, nas cidades de Lençóis Paulista e Cuiabá, e que são referências em tecnologia, profissionais e infraestrutura de atendimento, onde são realizados os serviços de:

  • Assistência técnica presencial preventiva e corretiva
  • Assistência técnica remota
  • Amplo estoque de peças para reposição rápida
  • Gestão técnica de unidades
  • Controle e Monitoramento de Qualidade
  • Testes de equipamentos e componentes
  • Estudos avançados para inovação de processos
  • Centro de Treinamento das equipes

 

SUA EMPRESA MERECE O MELHOR!

Para orçamentos sobre assistência técnica, compra de peças ou locação e compra de equipamentos, clique no link abaixo e leve o MELHOR para sua empresa. 

Manutencao preventiva empilhadeiras

empilhadeira-still-rc44-25c-still-jmempilhadeiras

Mais desempenho e economia com a STILL RC44-25C

Se você precisa de um equipamento de alta tecnologia, capaz de elevar até 2,5 toneladas a mais de 6 metros de altura com segurança, precisão, agilidade e muita economia – então precisa conhecer a empilhadeira contrabalançada à GLP, Still RC44-25C.

Faça AGORA seu orçamento clicando link abaixo. E para conhecer um pouco mais sobre o equipamento fique neste artigo!

 Manutencao preventiva empilhadeiras

MAIS POTÊNCIA, MAIS ECONOMIA

Com alta potência e baixo consumo de combustível, a empilhadeira Still RC44-25C é movida a GLP. A tomada de ar localizada na coluna da proteção do operador e o sistema de filtragem de ar composto por filtro e pré-filtro proporcionam maior vida útil das peças e componentes internos do motor.

Ela oferece dois modelos de mastros: Duplex e Triplex, feitos com perfis internos “I” e externo tipo “U”, e que vão proporcionar alta estabilidade e segurança para suas operações, além de excepcional visibilidade do operador.

Importante: todas as versões de mastro estão disponíveis com deslocador lateral dos garfos integrado, resultando em incrível capacidade de carga residual e flexibilidade.

TRANSMISSÃO POWERSHIFT

Na Empilhadeira Still RC44-25C, a transmissão Powershift com velocidade única de avanço e reversão possui baixíssimo ruído por causa das engrenagens helicoidais.

E por falar em transmissão, a bomba de óleo da transmissão de alto desempenho possibilita um fluxo ininterrupto de lubrificação – dando vida útil muito mais longa para a transmissão.

DIREÇÃO HIDROSTÁTICA

A Still RC44-25C foi projetada com direção hidrostática de acionamento leve e preciso e proporciona, assim, uma excelente ergonomia ao operador, inclusive em turnos de longa duração. O eixo direcional criado em aço e de construção robusta, integrado com cilindro de dupla ação também conta com articulações apoiadas sobre coxins de borracha, prolongando a vida útil dos componentes e reduzindo o nível de vibrações. Os rolamentos dos cubos de rodas e eixos são de fácil acesso e manutenção.

FREIO HIDRÁULICO

O freio hidráulico de serviço da Still RC44-25C oferece um sistema de ajuste automático. E o freio de estacionamento é acionado e liberado através de pedal – trazendo muito mais segurança e ergonomia para a operação. O equipamento só libera a partida se o freio de estacionamento estiver atuado.

CONFORTO E VISIBILIDADE

Um detalhe a parte é a cabine de comando da empilhadeira Still RC44-25C. Ela foi projetada e desenvolvida para proporcionar muito mais conforto e ótima visibilidade – e como você sabe, isso contribui para uma postura ergonomicamente correta.

O assoalho revestido com tapete de borracha de superfície antideslizante aumenta a segurança do operador e contribui para a redução de ruído, vibração e calor. O posicionamento das alavancas e o ajuste da inclinação da coluna de direção proporcionam conforto e facilidade de operação tornando-a menos cansativa.

IMPORTANTE: Para facilitar a manutenção da RC44-25C, a Still projetou o equipamento com abertura do capô que permite ótimo acesso ao compartimento do motor e das áreas da transmissão e radiador. Possui uma mola gás para facilitar a sua abertura e fechamento. É revestido com material isolante para reduzir o ruído e calor.

Manutencao preventiva empilhadeiras

 

VEJA TAMBÉM

SEGURANÇA-EMPILHADEIRAS-DICAS-JMEMPILHADEIRAS-DICAS-EMPILHADEIRAS-JM

 

empilhadeiras-still-razoes-pra-escolher-empilhadeiras-still-jmempilhadeiras (1)

 

jm-empilhadeiras-dicas-baterias-tracionarias-empilhadeiras

Dicas para a reposição de água das baterias tracionárias

A durabilidade das baterias tracionárias das empilhadeiras está diretamente ligada aos cuidados que você deve tomar no momento da reposição da água.
Por isso, vamos relembrar alguns conceitos essenciais pra você na hora de repor a água da bateria.

1. Primeiramente é preciso lembrar que as baterias jamais podem operar na carga ou na descarga faltando água, e principalmente com placas dos elementos descobertos. Por isso o procedimento de verificação deve ser feito tanto antes como depois do uso.

2. Nunca encha os elementos (vasos) tampando a exaustão dos gases provenientes das reações químicas que ocorrem dentro das baterias.

3. Essa dica é de grande importância: sempre utilize água destilada, desmineralizada ou deionizada, de forma que a condutância não ultrapasse 30micro Siemens (fique atento porque se estocar a água desmineralizada ou deionizada por um longo período ela tende a aumentar gradativamente sua condutância).

4. Se possível, evite fazer o abastecimento da água antes das cargas. Caso seja necessário, coloque água antes de colocar a bateria no processo de carga – somente cobrindo as placas dos elementos que estiverem amostra.

5. Para evitar que aconteça contaminação do eletrólito, mantenha as rolas dos elementos sempre fechadas, tanto na carga, quanto na descarga.

6. O melhor momento para colocar a água é no final de cada carga, pois a liberação de gases já ocorreu em grande quantidade e os elementos que estavam “presos” nas placas já foram liberados.

7. Utilize SEMPRE os EPIs apropriados para operação das baterias tracionárias – ATENÇÃO: cuidado com o manuseio porque o eletrólito que fica dentro da bateria contém ácido sulfúrico, sendo um agente extremamente forte que pode provocar queimaduras graves.

OUTROS CUIDADOS

Além dessas observações importantes para a durabilidade da bateria tracionárias das empilhadeiras, você deve também evitar que ela trabalhe muito aquecida – acima dos 35°C, pois o sulfato de chumbo passa a perder suas propriedades e o componente vai decantando para o fundo da bateria, o que é extremamente prejudicial. E cuidado, também, com os pisos irregulares e manobras muito bruscas – pois pode acontecer de a massa desprender das placas e ficar alojada no fundo da bateria.

5 RAZÕES PRA ESCOLHER UMA EMPILHADEIRA NOVA - jm-empilhadeiras-empilhadeiras

5 razões pra escolher uma empilhadeira NOVA!

Surge a demanda por uma empilhadeira em sua empresa. Você dá uma olhada nos preços na internet e eis que surge a dúvida: será que vale a pena comprar um equipamento novo ou usado?

Pra ajudar você nessa decisão separamos hoje 5 razões pra você escolher uma empilhadeira nova em vez de uma usada.

1. FLEXIBILIDADE NA ESCOLHA

As fabricantes têm desenvolvido cada vez mais soluções diferentes para se adequar às demandas e às particularidades de cada operação – tanto que em muitos casos é preciso até mesmo customizar a empilhadeira para que ela atenda perfeitamente suas necessidades e traga os resultados esperados.

Por isso que encontrar um equipamento usado que seja ideal para suas operações é uma tarefa difícil. Pois no caso das empilhadeiras novas, você analisa as particularidades das operações, do ambiente onde elas serão realizadas e já poderá traçar o perfil da empilhadeira ideal, incluindo a marca com o melhor custo/benefício para o seu negócio.

(veja aqui neste artigo o que deve ser levado em conta na hora de escolher a empilhadeira para sua empresa)

2. MAIOR GARANTIA DA EMPILHADEIRA

Para não ter que comprar mais empilhadeiras, muitas empresas trabalham com seus equipamentos no limite extremo para obterem deles o máximo de desempenho. Por isso que optar por uma empilhadeira usada é sempre um risco.

No caso das empilhadeiras novas, além de ter a certeza do estado do equipamento, você tem a garantia do fabricante. Na Kion, que fabrica as empilhadeiras Linde e Still, além da garantia legal brasileira que é de 90 dias você pode ainda optar por extensões da garantia de até 02 anos, ou 2000 horas de uso, o que vier primeiro. Os valores a mais desse prolongamento da garantia podem ser diluído nos financiamentos FINAME (BNDES), LEASING (Sistema bancário) e Kion Financial (Linhas de crédito da própria Kion).

3. MAIOR VIDA ÚTIL DOS COMPONENTES

Outro fator importante na hora de fazer a escolha entre uma empilhadeira nova ou usada é a questão da vida útil dos componentes.

Com os avanços tecnológicos acontecendo dia a dia, as empilhadeiras estão sempre vindo com novidades – por isso, ao comprar um equipamento novo você estará levando para sua empresa uma tecnologia de ponta, mais moderna e eficiente – trazendo mais desempenho, durabilidade e economia.

4. CERTEZA DA PROCEDÊNCIA

Ao comprar um equipamento usado você acaba tendo que contar e confiar em uma avaliação aparente da empilhadeira e não saberá, com precisão, como foi o real uso do equipamento pelo proprietário (ou proprietários).

No caso das empilhadeiras novas, você tem a certeza de que o equipamento estará em plenas condições de uso e com todas as garantias e potencialidade de maior vida útil pela frente.

5. FACILIDADE PARA FINANCIAR

Boa parte das empresas busca hoje por condições de pagamento mais flexíveis – e com as empilhadeiras novas você pode encontrar financiamentos que se encaixam dentro das suas condições.

A Kion é um exemplo de fabricante que está atenta a essa necessidade, e além de você conseguir financiamentos via FINAME (BNDES) e Leasing (sistema bancário), a Kion oferece também uma linha própria de crédito para facilitar a compra da sua empilhadeira.

(veja aqui como financiar sua empilhadeira nova)

CONCLUSÃO

Pode ser tentadora a ideia de comprar uma empilhadeira usada por conta do preço. Mas como vimos, encontrar um equipamento que atenda perfeitamente as particularidades da sua operação, que seja da marca desejada, que esteja com o preço adequado, que seja de boa procedência e acima de tudo em bom estado de uso, será uma tarefa um tanto quanto complexa – pra não dizer, quase impossível.

Entre em contato e conheça mais benefícios e vantagens de você levar para sua empresa uma empilhadeira nova e faça a melhor escolha para os seus negócios!

Manutencao preventiva empilhadeiras

 

VEJA TAMBÉM 

jm-empilhadeiras-empilhadeiras-locacao-empilhadeiras-still

indice-de-disponibilidade-da-empilhadeira-equipamento-jmempilhadeiras

Índice de Disponibilidade Empilhadeira

O nome pode não ser comum na sua empresa, mas com certeza você já utiliza mesmo com denominações diferentes os chamados KPIs, sigla inglês para o termo “Indicadores-Chave de Desempenho”.
Como o próprio nome sugere, são os principais indicadores para avaliar se os processos na sua empresa estão dentro daquilo que foi planejado e é esperado. Esses indicadores são fundamentais para medir o grau de eficiência da produção e dos negócios em geral, afinal, “o que não é medido não pode ser gerenciado”.

INDICADORES PARA EMPILHADEIRAS

As operações com empilhadeiras também precisam de indicadores – pois basta o equipamento ficar parado algumas horas a mais daquilo que era previsto para que a sua empresa já sinta o baque nos resultados.
Dentre os vários indicadores possíveis e necessários para as operações com equipamentos, o principal deles é o “Índice de Disponibilidade da Empilhadeira”.

O QUE É O ÍNDICE DE DISPONIBILIDADE?

indice-de-disponibilidade-da-empilhadeira-equipamento-jm-empilhadeirasÉ um indicador relativamente simples de ser calculado e que tem como finalidade medir o quanto a empilhadeira ficou efetivamente disponível para produção.
Assim, o Índice de Disponibilidade da Empilhadeira é calculado utilizando o tempo total que era planejado para ela estar em operação, e o tempo que ela realmente trabalhou – levando em conta, é claro, as paradas para manutenções corretivas – pois as preventivas, segundo a NR12, não devem contar neste índice.

ID = Tempo produzido / Tempo disponível X 100.

Vamos imaginar a seguinte situação: Você planejou que a sua empilhadeira fosse trabalhar por 1.200 minutos na semana – e durante o trabalho o serviço foi interrompido duas vezes, totalizando 40 minutos de parada.
Assim, sua empilhadeira tem um Índice de Disponibilidade de 96,6%.
É claro que quanto maior esse índice, maior é a possibilidade de atingir metas de produção (movimentação de materiais e produtos), ou seja, a empresa se torna muito mais rentável, eliminando um dos gargalos que normalmente ocorre quando o índice de disponibilidade está baixo.

O QUE FAZER COM ESSES NÚMEROS?

O objetivo dos indicadores é medir os resultados e realizar ações que promovam a melhoria dos processos – trazendo mais eficiência operacional. Afinal, ter os números apenas por ter é seguir adiante com a produção olhando apenas pelo retrovisor – e essa não é uma atitude muito sábia.
No caso do Índice de Disponibilidade, caso esteja aquém das suas expectativas podem estar ocorrendo situações como essas abaixo:

• Plano de manutenção da empilhadeira insatisfatório
• Empilhadeira utilizada não corresponde a sua necessidade
• Quantidade de equipamentos já não é suficiente para suas operações

JM EMPILHADEIRAS: ÍNDICES MAIORES QUE 99%

A JM Empilhadeiras dispõe de equipamentos robustos, capazes de manter os índices de disponibilidade em até 99,5%, em média – isso porque vende e aluga apenas os equipamentos da melhor tecnologia alemã, LINDE e STILL.
Soma-se a isso o fato de a JM Empilhadeiras dispor de uma equipe treinada em fábrica, oferecer Planos de Manutenção baseados em mais de 30 anos de experiência e contar com um amplo estoque de peças para rápidas substituições.

TREINAMENTOS: Caso seja necessário, a JM Empilhadeira também oferece treinamentos operacionais focados na melhor prática no uso específico de cada equipamento, evitando assim condições de quebras por mau uso operacional, dando a oportunidade para extrair o que de melhor possui nos seus equipamentos LINDE e STILL.

 

VEJA TAMBÉM: 

como-abumentar-vida-util-empilhadeira-manutencao-empilhadeira-locacao-jmempilhadeiras

assistencia-tecnica-empilhadeirsa-jmempilhadeiras

 

assistencia-tecnica-empilhadeirsa-jmempilhadeiras

A melhor assistência do mercado

Na hora de comprar uma empilhadeira você leva em conta uma série de fatores, como marca, preço, potência, consumo, capacidade de elevação, etc.

E como estamos tratando de um equipamento complexo e de alto custo, é preciso que outro fator seja ponderado na hora de fazer a sua escolha: A ASSISTÊNCIA TÉCNICA – afinal, só quem já passou dias ou até semanas com uma empilhadeira parada por problemas técnicos sabe como o prejuízo e a interrupção contínua da produção interfere nos resultados dos negócios.

ASSISTÊNCIA TÉCNICA PREMIADA

Há 30 anos no mercado, a JM Empilhadeiras é reconhecida e premiada nacionalmente pelos serviços na área de pós-venda e assistência técnica. Em 2017, a JM Empilhadeiras foi eleita a empresa de movimentação de cargas com o MELHOR PÓS-VENDA. O prêmio foi concedido pelo Senai por meio do Painel Logístico 2017 – e no ano passado, a JM recebeu o prêmio TOP MANUTENÇÃO. 

E em pesquisas de satisfação com os clientes o serviço de assistência técnica tem 97% entre “ótimo” e “bom” no requisito “agilidade dos serviços”.

CENTROS DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA

jmempilhadeirsa-assistencia-tecnica-empilhadeiras-linde-still

Além de unidades operacionais em vários estados do país, a JM Empilhadeiras possui dois Centros Assistência Técnica, nas cidades de Lençóis Paulista e Cuiabá, e que são referências em tecnologia, profissionais e infraestrutura de atendimento, onde são realizados os serviços de:

– Assistência técnica presencial preventiva e corretiva

– Assistência técnica remota

– Amplo estoque de peças para reposição rápida

– Gestão técnica de unidades

– Controle e Monitoramento de Qualidade

– Testes de equipamentos e componentes

– Estudos avançados para inovação de processos

– Centro de Treinamento das equipes

QUALIFICAÇÃO TÉCNICA

Mas não é apenas em infraestrutura e tecnologia que a JM investe pesado. Todas as equipes da empresa passam por constantes qualificações para estarem sempre atualizadas com as inovações do mercado.

 

Seja para programas de manutenção preventiva ou para as manutenções corretivas, entre em contato conosco AGORA mesmo para saber mais sobre nossos planos.

VEJA TAMBÉM

JM-EMPILHADEIRAS-JMEMPILHADEIRAS-CAPACIDADE-RESIDUAL-EMPILHADEIRAS

empilhadeiras-still-razoes-pra-escolher-empilhadeiras-still-jmempilhadeiras (1)

Passo a passo pra escolher a empilhadeira certa!

Após a constatação de que sua empresa precisa de uma empilhadeira vem a clássica pergunta: qual equipamento utilizar?

E como hoje há uma grande variedade de marcas, modelos e preços, essa decisão se torna ainda mais complexa e exige cada vez mais que as compras sejam feitas de forma estratégica.

Pra ajudar você nesse processo de escolha e pra que não erre na compra do seu equipamento, elencamos os principais pontos que você precisa observar.

  1. DEFINIR AS PARTICULARIDADES DA SUA OPERAÇÃO

Responder os tópicos abaixo é fundamental para a escolha certa da empilhadeira – além de ser o ponto de partida antes de você começar a saga pela busca do equipamento ideal.

  • Qual a altura máxima do local onde será feita a operação?
  • Como é o piso onde o equipamento irá trabalhar?
  • Qual o peso e as dimensões médias da carga transportada?
  • Quais as medidas dos portões e portas de acesso?
  • Qual será o regime de trabalho do equipamento?
  • Qual é a largura dos corredores
  • Qual a altura média de elevação pretendida?
  • Como é o ambiente onde serão realizadas as operações, abertos ou fechados?
  • Há regulamentação em sua área sobre emissão de poluentes?
  1. EMPILHADEIRA ELÉTRICA OU À COMBUSTÃO?

O passo seguinte é a escolha da empilhadeira – se será elétrica ou à combustão. Confira abaixo os diferenciais de cada uma.

EMPILHADEIRAS ELÉTRICAS

  • Não emitem gases poluentes (importante diferencial) – para algumas operações, como em locais fechados, você deve inevitavelmente optar por empilhadeiras que não emitem poluentes.
  • São mais versáteis e de fácil operação em locais estreitos – já temos equipamento com capacidade de até 8 mil quilos, com centro de carga de 900mm. Portanto, em relação à capacidade, as empilhadeiras elétricas só ficam atrás dos equipamentos a diesel.
  • Tem alto grau de giro no próprio eixo
  • São mais silenciosas
  • Indicadas principalmente para lugares fechados, como depósitos, fábricas, câmaras frigoríficas e almoxarifados.

EMPILHADEIRAS À COMBUSTÃO A GÁS (GLP)

  • Ideal para indústrias metalúrgicas e transporte de produtos perecíveis já embalados, já que existem restrições para os equipamentos a diesel.
  • Emitem menos poluentes que as empilhadeiras a diesel
  • Indicadas para lugares cobertos ou fechados, mas que disponham de ventilação.

 EMPILHADEIRAS À COMBUSTÃO  A DIESEL

  • Indicadas para operações brutas, em ambientes externos ou com bastante ventilação – já que a emissão de gases é bem maior.
  • São as empilhadeiras mais robustas com maior capacidade de carga, comparadas às GLP’s e às elétricas.
  • Possuem mais autonomia
  • As empilhadeiras a diesel têm melhor desempenho em pisos irregulares
  • Combustível (diesel) mais acessível que os cilindros das empilhadeiras a gás.
  1. OPTAR POR UMA EMPILHADEIRA NOVA OU USADA?

still-RX20-empilhadeira-eletrica-still-linde-jmempilhadeirasComo toda compra que for realizada, é preciso ter cuidado para não observar apenas o fator preço e acabar trazendo um cavalo de troia pra dentro da empresa.

Abaixo, elencamos algumas das vantagens de você optar por um equipamento novo.

  • GARANTIA: Uma das principais vantagens de escolher um equipamento novo está a garantida da empilhadeira. Como se tratam de equipamentos que trabalham com cargas e sempre para dar o máximo de desempenho, a garantia do fabricante se torna um fator de grande relevância no momento da escolha entre uma nova ou usada.

 

  • CERTEZA DA PROCEDÊNCIA: Ao comprar um equipamento usado, você acaba tendo que contar com a avaliação aparente da empilhadeira e não saberá com precisão como foi o uso real pelo proprietário (ou proprietários). No caso das empilhadeiras novas, você tem a certeza de que o equipamento estará em plenas condições de uso e com todas as garantias e potencialidade de maior vida útil pela frente.
  • FLEXIBILIDADE NA ESCOLHA: Este é sem dúvida um dos fatores mais importantes que deve ser colocado na balança. Para escolher um equipamento, a análise do ambiente e das particularidades das operações será determinante. Assim, encontrar um equipamento usado ideal para suas operações, da marca desejada, com o preço adequado e acima de tudo em bom estado de uso, será uma tarefa um tanto quanto complexa. No caso das empilhadeiras novas, você analisa as particularidades das operações, do ambiente onde elas serão realizadas e já poderá traçar o perfil da empilhadeira ideal, incluindo a marca com o melhor custo/benefício para o seu negócio.
  • FACILIDADE DE FINANCIAMENTOS: Adquirir um equipamento, seja ele novo ou usado, pode exigir da empresa a busca por facilidades nas condições de pagamentos. E assim como acontece quando vamos comprar um carro, é possível conseguir taxas mais em conta ao comprar equipamentos novos.
  1. DEFINIÇÃO DA MARCA E MODELO DA EMPILHADEIRA

Definidas as necessidades da sua empresa e o tipo da empilhadeira quanto ao combustível, agora é hora de definir qual o modelo e a marca.

Para isso precisará levar em conta vários critérios na hora de escolher o modelo da empilhadeira, tais como: autonomia, capacidade de carga, capacidade de elevação, consumo médio, capacidade residual, durabilidade e disponibilidade de peças.

IMPORTANTE: perceba que em nenhum momento foi citado o fator preço de forma isolada – isso porque o valor da empilhadeira está ligado diretamente à questão do custo/benefício, que é o conjunto dos fatores acima – e fugir disso observando apenas o preço isoladamente é se arrepender poucos meses depois da compra, quando o equipamento parar inesperadamente, quando perceber o alto consumo de combustível, o preço das peças, etc.

VAI DE KION E JM EMPILHADEIRAS

A Kion Group fabrica as empilhadeiras mais renomadas de todo o mundo: Linde e Still.

LINDE: A marca foi criada na Alemanha, ainda em 1904, e é amplamente reconhecida pela inovação tecnológica, pela robustez dos equipamentos, pela gestão energética eficiente e pelos custos operacionais reduzidos – maior de todos os diferenciais que possibilitam alcançar um nível de economia de aproximadamente 40% se comparado às outras marcas. 

STILL: A Still também é de origem alemã, criada em 1920, e é a empresa NÚMERO UM do Brasil – tendo, inclusive, instalado uma fábrica no país, na cidade de Indaiatuba – SP. É extremamente versátil e os equipamentos passam por constantes inovações tecnológicas para se adaptarem às demandas do mercado. E como dispõe de máquinas fabricadas no Brasil, o financiamento por meio do FINAME/BNDES torna a Still a marca mais desejada pelos brasileiros. 

SOBRE A JM EMPILHADEIRAS

A JM Empilhadeiras é representante OFICIAL do Grupo Kion, com vendas para a região Oeste do Estado de São Paulo, e com aluguel e assistência técnica especializada para todo o Brasil – tendo mais de MIL MÁQUINAS locadas no país.

PÓS-VENDA PREMIADA: Em 2017, a JM Empilhadeiras foi eleita a empresa de movimentação de cargas com o MELHOR PÓS-VENDA (prêmio Painel Logístico Senai). No ano seguinte, em 2018, a JM recebeu o prêmio TOP MANUTENÇÃO.

SAIBA MAIS: Se você precisa de apoio no momento de escolher a empilhadeira certa para suas operações, entre em contato AGORA com nossa equipe  

Manutencao preventiva empilhadeiras

 

 

 

 

como-abumentar-vida-util-empilhadeira-manutencao-empilhadeira-locacao-jmempilhadeiras

Dicas para aumentar a vida útil da sua empilhadeira

Uma das perguntas mais frequentes que chegam até nós é como fazer para prolongar a vida útil das empilhadeiras e diminuir os custos com as manutenções corretivas, pois além dos valores das peças e da mão-de-obra, a empresa também sofre com o tempo em que o equipamento fica parado.

A regra é a mesma para todo e qualquer equipamento industrial: uma boa manutenção preventiva é essencial – e no caso das empilhadeiras, além de seguir à risca os planos de manutenção é preciso cuidar de alguns itens chaves, como:

1. CONTRASTE DE TEMPERATURA E UMIDADE: esse fator muitas vezes passa despercebido. Vamos ver duas situações hipotéticas para exemplificar:

Imagine que sua empilhadeira atue em câmeras frias, que em geral têm temperaturas entre -15°C e -30°C. E sem se atentar para esse fato, você coloca as baterias em salas onde a temperatura chega a 35°C. Isso irá provocar uma diferença de temperatura que pode atingir até 65°C, sendo que a maioria dos equipamentos é projetado para suportar somente 20ºC de diferença de temperatura.

Outro exemplo: a empilhadeira está em um ambiente onde, no inverno, a temperatura ambiente possa chegar a 0°, e vai para a saída de um alto-forno, onde as temperaturas passam de +65°C. Esses contrastes são muito prejudiciais e vão influenciar na vida útil da empilhadeira.

2. CONTAMINANTES AMBIENTAIS: locais em que há formação de gases corrosivos, como em indústria de adubos químicos, ou em ambientes onde há concentração de poeira metálica de siderúrgicas, poeira abrasiva de cerâmicas, fibras de industrias têxteis, e até mesmo o sal, na indústria salina, também irão impactar na durabilidade das peças e na vida útil da empilhadeira.

Por isso, é muito importante que ao escolher a empilhadeira você tenha a orientação de um especialista para avaliar as condições do seu ambiente de trabalho – pois hoje é possível (e comum) a implantação de modificações e customizações em equipamentos para que eles sejam adequados ao ambiente de trabalho.

3. MÃO DE OBRA ESPECIALIZADA: pensando na “economia”, algumas empresas utilizam mecânicos sem qualificação específica para empilhadeiras. Acontece que na maioria das vezes o barato sai caro, já que esses equipamentos possuem particularidades técnicas e ferramentas adequadas. Por isso, as manutenções preventivas e/ou corretivas devem ser feitas por técnicos qualificados para atuar com empilhadeiras.

4. CAPACITAÇÃO DA EQUIPE: oferecer cursos regulares sobre operações, sobretudo quanto à NR11 (clique aqui para saber mais sobre essa NR)

5. MANUTENÇÃO PREVENTIVA: A dica mais valiosa quando o assunto é vida útil das empilhadeiras é: não subestime a importância das manutenções preventivas – elas são determinantes para a durabilidade do equipamento, para evitar paradas indesejadas e também para reduzir os custos com as manutenções corretivas – que são sempre bem mais custosas e dão muito mais dores de cabeça.

Além disso, realizando as manutenções preventivas das empilhadeiras de acordo com o manual, você perceberá uma redução de custos, uma vez que a troca regular de velas e filtros, por exemplo, vão refletir diretamente no consumo. CLIQUE AQUI para conferir dicas sobre lubrificação de empilhadeiras. 

6. DE OLHO NO COMBUSTÍVEL: assim como nos carros, é preciso ficar de olho na qualidade do combustível utilizado, no caso das empilhadeiras a diesel ou GLP. Esse fator é imprescindível e irá impactar na durabilidade dos componentes e no consumo de combustível. 

 7. BATERIAS TRACIONÁRIAS: No caso das empilhadeiras elétricas, o cuidado com a bateria tracionária é de suma importância. Por isso, as principais dicas são:  

  • Não realize operações com ela muito aquecida: Acima de 35°C, o sulfato de chumbo passa a perder suas propriedades e o componente vai decantando para o fundo da bateria, o que é extremamente prejudicial.
  • Cuidado com a trepidação: em pisos irregulares e em manobras mais bruscas acontece de a massa desprender das placas e ficar alojada no fundo da bateria. Esse também é um fator que influencia na durabilidade do componente.
  • Atenção especial à água: apesar de ser um tanto quanto óbvio, ainda há operadores que falham neste processo.

 

Ficou alguma dúvida ou quer um orçamento? Clique no botão abaixo e fale com a nossa equipe. Somos a referência nacional em vendas, locação e assistência técnica de empilhadeiras.

 

Manutencao preventiva empilhadeiras

jmempilhadeiras-linde

As incomparáveis empilhadeiras Linde

Nesta semana trazemos pra vocês alguns modelos da marca campeã mundial em tecnologia e custo/benefício: as empilhadeiras Linde.

Criada em 1904 na Alemanha e reconhecida pela inovação tecnológica, as empilhadeiras Linde se destacam pela robustez, gestão energética eficiente e pelos custos operacionais reduzidos – que possibilitam alcançar um nível de economia de cerca de 40% se comparado às outras marcas. 

Confira os equipamentos para transporte de cargas de 2,5 até 8 toneladas e faça um orçamento. A JM Empilhadeiras é representante OFICIAL das marcas Linde e Still, com vendas exclusivas para a região oeste do Estado de São Paulo, e locação e assistência técnica especializada para todo o Brasil.

 

EMPILHADEIRAS LINDE H25, H30, H35

empilhadeira-linde-h25-jmempilhadeiras-aluguel-venda-empilhadeira

As Empilhadeiras Linde H25, H30 e H35 foram projetadas para suportar serviço pesado. A transmissão hidrostática original, que é ORIGINAL Linde, elimina custos provenientes do câmbio, embreagem, diferencial e freio tambor. Isso torna os custos com manutenção bem mais baixos que às concorrentes. E com maior intervalo de manutenção, a produtividade é garantida.

São equipadas com eixo de direção oscilante combinando incomparável manobrabilidade e garantindo estabilidade, e o mastro e as funções hidráulicas auxiliares são operados por duas alavancas de controle.

Manutencao preventiva empilhadeiras

 

EMPILHADEIRAS LINDE H40, H45, H50

empilhadeira-linde-h40-jmempilhadeiras-venda-locação-aluguel-empilhadeira-jm

As empilhadeiras Linde H40, H45, H50, com capacidade de até 5 toneladas, possuem inigualável relação custo/benefício. Com a avançada tecnologia do motor e da condução combinada com o sistema de controle de cargas Linde, o operador pode utilizar o grande potencial do veículo para maximizar a produção.

Elas têm baixo consumo de combustível, torque alto, redução da torção do mastro de até 30% e são projetadas nos padrões ergonômicos mais avançados.

Manutencao preventiva empilhadeiras

 

EMPILHADEIRAS LINDE H70 e H80

empilhadeira-linde-h70-jmempilhadeiras-aluguel-de-empilhadeiras-jm

Essas são as gigantes da Linde com incrível força, potência e com capacidade para até 8 toneladas de carga – sendo a diesel ou GLP

Com baixo consumo de combustível e custos operacionais baixíssimos, por conta da transmissão hidrostática original Linde, as empilhadeiras H70 e H80 são referências mundiais quando o assunto é força aliada a custo/benefício.

Manutencao preventiva empilhadeiras

 

 

empilhadeira-eletrica-still-fmx-aluguel-venda-empilhadeira-jmempilhadeiras

Empilhadeira elétrica Still FMX-NG: é muito mais negócio!

Você que dispõe de operações de movimentação de cargas em sua empresa e está pensando em expandir o serviço ou trocar de equipamento, trouxemos uma opção para os seus negócios: a empilhadeira elétrica Still FMX-NG.
Confira 5 motivos pra você escolher essa maravilha da Still!

1. MAIS VERSATILIDADE: a FMX-NG eleva até 1.000kg a mais de 12 metros de altura – com uma ótima capacidade de carga residual, além de comandos precisos e ergonômicos, e um novo design que proporciona um excelente campo de visão. Tudo isso torna a Still FMX -NG uma incrível solução versátil para suas operações.

2. MAIS PRODUTIVIDADE: a Still FMX-NG dispõe de uma bateria de 456 Ah até 912 Ah – oferecendo energia suficiente para atender longos períodos de trabalho.

3. MAIS SEGURANÇA: outra vantagem da FMX-NG é o Controle de Velocidade em Curvas (CSV) – que irá reduzir automaticamente a velocidade conforme o ângulo de giro do volante. Isso evita que a empilhadeira seja colocada em situações de instabilidade.

4. MAIS ECONOMIA: além da segurança, versatilidade e maior produtividade, os motores de tração, elevação e direção de corrente alternada da empilhadeira elétrica Still FMX-NG são encapsulados – assim, ficam livres de manutenção e protegidos contra poeira e infiltração de água (muito mais economia).

5. MAIS FACILIDADE: vou já viu que a empilhadeira elétrica Still FMX-NG oferece muitos benefícios – e agora vem mais uma vantagem – esse equipamento é produzido aqui no Brasil, na cidade de Indaiatuba, interior de São Paulo. Isso significa que por ser de fabricação nacional, você pode conseguir financiar a empilhadeira por meio do FINAME/BNDES.

Entre em contato AGORA – clique AQUI para saber mais sobre a empilhadeira elétrica Still FMX-NG e fazer o seu orçamento sem compromisso.

Empilhadeiras Still – os melhores negócios para sua empresa

Uma das maiores preocupações das empresas que têm operações de movimentação de cargas é escolher a empilhadeira certa, aquela que mais adéqua às necessidades operacionais, que disponha de um bom custo/benefício e é claro, que caiba no orçamento.

E é justamente por essas razões que as empilhadeiras Still são excelentes opções de negócios.

De origem alemã, a Still vem desde 1920 ganhando mercado e se consolidando como uma das principais marcas do mundo no segmento de movimentação de cargas.

Além do excelente custo/benefício, da versatilidade, da confiabilidade e da constante inovação tecnológica, a Still fabrica uma grande variedade de equipamentos – o que ajuda e muito você a escolher aquele mais indicado para suas operações.

E se o pagamento à vista é pesado pra sua empresa, uma ótima notícia. A Still possui uma fábrica aqui no Brasil, na cidade de Indaiatuba – SP, o que possibilita o financiamento por meio do FINAME/BNDES.

São por esses motivos que a Still se tornou a marca de empilhadeiras número 1 do Brasil.

Somos representantes OFICIAIS da Kion Group, detentora das marcas Still e Linde, e hoje apresentamos pra você algumas das opções de empilhadeiras Still fabricadas no país.

Confira e entre em contato para saber mais sobre os equipamentos, suas vantagens e condições especiais de financiamento.

TRANSPALETEIRA ELÉTRICA STILL ERX

empilhadeira-still-erx-jm-empilhadeiras

A Transpaleteira Elétrica Still ERX é o equipamento Still com o operador a bordo em pé que reúne ergonomia, agilidade e robustez. É o equipamento ideal para a movimentação horizontal de materiais e o carregamento e descarregamento de caminhões e contêineres, inclusive no trabalho em docas niveladoras.

 

SELECIONADORA DE PEDIDOS STILL KMSX

selecionadora-de-pedidos-still-empilhadeiras-KMSX-2-1A Selecionadora de Pedidos Still KMSX é um modelo ideal para a seleção de pedidos (picking) sobre paletes. Opcionais como prolongamento dos garfos até 2.400mm possibilitando o transporte de dois paletes ao mesmo tempo, e elevação da plataforma do operador até 1 metro de altura, possibilitando a seleção de pedidos no segundo nível, agilizam o processo de picking.

EMPILHADEIRA ELÉTRICA EGV 14/16

 

oferta-promocao-egv-still-empilhadeira-jmempilhadeiras

Com corredores de trabalho menores do que 2,5 metros, você consegue movimentar a Empilhadeira Elétrica com operador em pé EGV 14/16 e elevar os seus paletes até 5,46 metros de altura. Uma ótima opção para quem precisa verticalizar a armazenagem de produtos e matéria prima mantendo corredores estreitos. Capacidade nominal de 1.400Kg* na EGV14 e capacidade nominal de 1.600Kg* na EGV16.

 

EMPILHADEIRA STILL RC44 25C

still-empilhadeira-eletrica-rc44-jmempilhadeiras

Os motores GCT (Nissan) K21e K25 harmonizam potência e baixo consumo de combustível e garantem alta disponibilidade da empilhadeira. Movida a GLP com vaporizador nacional, a Empilhadeira Still RC44 25C proporciona máximo rendimento com baixa emissão de poluentes. A tomada de ar localizada na coluna da proteção do operador e o sistema de filtragem de ar composto por filtro e pré-filtro, asseguram maior vida útil aos componentes internos do motor.

 

EMPILHADEIRA STILL FMX

fmx-empilhadeira-eletrica-still-jmempilhadeiras

Excelente estabilidade com alta capacidade de carga residual, a Empilhadeira Still FMX 20 é capaz de elevar 1.000 kg a mais de 12 metros de altura. Aceleração, velocidade de condução e velocidade de elevação dos garfos que garantem a maior produtividade, sendo totalmente controladas eletronicamente e programáveis me forma individual.

 

EMPILHADEIRA STILL RX50

empilhadeira-eletrica-still-rx50-jmempilhadeiras

A melhor empilhadeira elétrica de três rodas do mundo agora é produzida no Brasil. A Empilhadeira Still RX50 lança tendências quando se trata de ergonomia, economia de energia e produtividade. Desde o mastro e colunas da proteção do operador estreitas para um maior campo de visão até o conjunto da cabine com os comandos de controle perfeitamente distribuídos, cada detalhe é projetado de forma a proporcionar o melhor conforto e segurança à operação.

 

VEJA TAMBÉM

jm-empilhadeiras-empilhadeiras-locacao-empilhadeiras-still

FAÇA AGORA SEU ORÇAMENTO – CLIQUE NO BOTÃO ABAIXO

Manutencao preventiva empilhadeiras

jmempilhadeiras-locacao-de-empilhadeira-aluguel-de-empilhadeiras

90 equipamentos em dois meses!

O primeiro semestre deste ano foi de fortalecimento de parcerias e ampliação da rede de negócios da JM Empilhadeiras.

Só entre abril e maio, cerca de 90 equipamentos novos da Linde e Still foram locados pela JM para grandes empresas, como ArcelorMittal, Pedertractor, Só Fruta, Camil AlimentosUsina Sonora.

“Esse forte crescimento vem ao encontro dos investimentos contínuos que fazemos para manter a excelência dos serviços que prestamos aos clientes, que vai desde a qualificação técnica das equipes à infraestrutura de atendimento”, explica Marcelo Travain Ayub, Gestor de Unidades da JM Empilhadeiras.

A excelência dos serviços citada por Marcelo é reconhecida pelo mercado. Nos últimos dois anos, a JM Empilhadeiras ganhou dois importantes prêmios: “Melhor Pós-Venda” e “Top Manutenção” – ambos do Painel Logístico do Senai.

CONHEÇA OS NOVOS PARCEIROS!

  • ARCELORMITTAL S.A.: Empresa multinacional que é a maior produtora de aço do mundo, estando presente em mais de 60 países, na Ásia, África, Américas e Europa. No Brasil, possui unidades operacionais em vários estados, com destaque para Minas Gerais.
  • PEDERTRACTOR: Localizada na cidade de Pederneiras e fundada em 1978, a Pedertractor atua na fabricação de peças para linhas automotivas, rodoviárias e agrícolas – atendendo empresas que são fabricantes de máquinas e equipamentos vendidos para todo o mundo.
  • SÓ FRUTA: Empresa do segmento alimentício, que atua no ramo de atomatados, vegetais, azeitonas, condimentos, doces e geleias. Localizada no interior de São Paulo, a Só Fruta tem um parque industrial de aproximadamente 150 mil m².
  • CAMIL ALIMENTOS: Criada em 1963, a Camil Alimentos é uma das maiores empresas de alimentos da América do Sul e hoje é líder em beneficiamento e comercialização de arroz no Brasil, Chile, Uruguai, Peru e Argentina. A empresa também é detentora das marcas: Camil (arroz e feijão) e Coqueiro (sardinha).
  • USINA SONORA: Com frentes de desenvolvimento em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, a Usina Sonora atua na produção de açúcar, álcool e energia, além de explorar a terra de forma sustentável na produção de grãos.

SOBRE A JM EMPILHADEIRAS

A JM Empilhadeiras está entre as principais empresas de logística e movimentação de cargas do país, com unidades operacionais em vários estados, sendo representante oficial do Grupo Kion, com as empilhadeiras Linde e Still.

No segmento de vendas, a JM Empilhadeiras atua na região Centro Oeste do Estado de São Paulo, e para locação de equipamentos e assistência técnica, tem atuação em todo o Brasil.

CLIQUE AQUI para falar com nossa equipe de Vendas e Relacionamento com o Cliente.

 

baterias-tracionarias-empilhadeiras-eletricas-jmempilhadeiras-locacao-venda-empilhadeiras

Baterias tracionárias: dicas para aumentar a durabilidade!

Quem trabalha com empilhadeiras elétricas sabe uma das principais preocupações é com o uso das baterias. E a pergunta que sempre chega até nós é: quanto dura ou seria para durar uma bateria tracionária?

Essa é uma questão complexa de ser respondida, já que esse tempo tem ligação direta com os cuidados que sua equipe terá com o equipamento. Se todos os cuidados e dicas forem tomados, uma bateria tracionária pode durar até mais de 4 anos.

Separamos pra você alguns fatores que vão interferir diretamente na durabilidade da bateria:

  • Trabalhar com ela muito aquecida: Acima de 35°C, o sulfato de chumbo passa a perder suas propriedades e o componente vai decantando para o fundo da bateria, o que é extremamente prejudicial.
  • Trepidação: em pisos irregulares e em manobras mais bruscas acontece de a massa desprender das placas e ficar alojada no fundo da bateria. Esse também é um fator que influencia na durabilidade do componente.
  • Deixar que falte água: apesar de ser um tanto quanto óbvio, ainda há operadores que falham neste processo.

  Água certa… No momento certo… Na quantidade certa!

Outra dúvida é com relação à água da bateria. Então fique atento a essas 7 dicas:

  1. Sempre utilize água destilada, desmineralizada ou deionizada, com condutância que não ultrapasse 30micro Siemens NOTA: atente-se para o tempo de armazenamento desta água. Se estocarmos por um longo período água desmineralizada ou deionizada ela vai aumentar gradativamente sua condutância.
  2. Como dissemos acima, ainda há operadores que não observam a água das baterias. Elas jamais podem operar na carga ou na descarga faltando água, e principalmente com placas dos elementos descobertos. A regra é: verificar sempre, antes e depois do uso.
  3. Não encha os elementos (vasos) tampando à exaustão dos gases provenientes das reações químicas que ocorrem dentro das baterias.
  4. Essa dica é importante: evite abastecer a água antes das cargas, e se for necessário, coloque água antes de colocar a bateria no processo de carga, que seja somente cobrindo as placas dos elementos que estiverem à mostra.
  5. Você sabe qual o melhor momento para colocar a água? A resposta é: no final de cada carga, pois a liberação de gases já ocorreu em grande quantidade e os elementos que estavam “presos” nas placas já foram liberados.
  6. Muita atenção e cuidado com o manuseio porque o eletrólito que fica dentro da bateria contém ácido sulfúrico, sendo um agente extremamente forte que pode provocar queimaduras graves.
  7. Utilize SEMPRE os EPIs apropriados para operação das baterias tracionárias.

 

É isso aí! Se tiver dúvidas ou quiser algum orçamento, entre em contato com a MELHOR empresa de logística e movimentação de cargas do mercado!

Manutencao preventiva empilhadeiras

empilhadeira-rc4425c-still-jmempilhadeiras

Empilhadeira Still RC44-25C

Eleve até 2,5 toneladas a mais de 6 metros de altura com segurança, agilidade e muita economia. Apresentamos a empilhadeira contrabalançada à GLP, Still RC44-25C.

aluguel-empilhadeira-venda-still-rc44

MASTRO

A empilhadeira Still RC44-25C oferecer dois modelos: Duplex e Triplex. Feitos com perfis internos “I” e externo tipo “U”, vão proporcionar alta estabilidade e segurança para suas operações, além de excepcional visibilidade do operador. Importante destacar que todas as versões de mastro estão disponíveis com deslocador lateral dos garfos integrado, resultando em incrível capacidade de carga residual e flexibilidade.

TRANSMISSÃO

Na Empilhadeira Still RC44-25C, a transmissão Powershift com velocidade única de avanço e reversão possui baixíssimo ruído por causa das engrenagens helicoidais. E por falar em transmissão, a bomba de óleo da transmissão de alta performance possibilita um fluxo ininterrupto de lubrificação – dando vida útil muito mais longa para a transmissão.

MOTOR

Com alta potência, baixo consumo de combustível, a Still RC44-25C é movida a GLP. A tomada de ar localizada na coluna da proteção do operador e o sistema de filtragem de ar composto por filtro e pré-filtro proporcionam maior vida útil das peças e componentes internos do motor.

DIREÇÃO

A empilhadeira Still RC44-25C foi projetada com direção hidrostática de acionamento leve e preciso e proporciona, assim, uma excelente ergonomia ao operador, inclusive em turnos de longa duração. O eixo direcional criado em aço e de construção robusta, integrado com cilindro de dupla ação também conta com articulações apoiadas sobre coxins de borracha, prolongando a vida útil dos componentes e reduzindo o nível de vibrações. Os rolamentos dos cubos de rodas e eixos são de fácil acesso e manutenção.

FREIO

O freio hidráulico de serviço da Still RC44-25C oferece um sistema de ajuste automático. E o freio de estacionamento é acionado e liberado através de pedal – trazendo muito mais segurança e ergonomia para a operação. O equipamento só libera a partida se o freio de estacionamento estiver atuado.

CABINE DE COMANDO

Um detalhe a parte é a cabine de comando da empilhadeira Still RC44-25C. Ela foi projetada e desenvolvida para proporcionar muito mais conforto e ótima visibilidade – e como você sabe, isso contribui para uma postura ergonomicamente correta. O assoalho revestido com tapete de borracha de superfície antideslizante aumenta a segurança do operador e contribui para a redução de ruído, vibração e calor. O posicionamento das alavancas e o ajuste da inclinação da coluna de direção proporcionam conforto e facilidade de operação tornando-a menos cansativa.

IMPORTANTE: Para facilitar a manutenção da RC44-25C, a Still projetou o equipamento com abertura do capô que permite ótimo acesso ao compartimento do motor e das áreas da transmissão e radiador. Possui uma mola gás para facilitar a sua abertura e fechamento. É revestido com material isolante para reduzir o ruído e calor.

[fvplayer id=”5″]

FINANCIAMENTO FACILITADO

Para facilitar o acesso a sua nova Still RC44-25C, há no mercado opções de financiamentos que facilitam o crédito para compra de empilhadeiras. E uma das alternativas mais viáveis é o financiamento do BNDES/FINAME, que oferece baixas taxas de juros e prazos de pagamento que podem chegar a 10 anos (CLIQUE AQUI para saber mais).

Mas você também pode contar com a facilidade de financiamento próprio da Kion Group. Entre em contato AGORA para saber mais – CLIQUE AQUI para fazer o seu orçamento.

 

Manutencao preventiva empilhadeiras

Empilhadeiras e transpaleteiras elétricas still - jmempilhadeiras

Equipamentos elétricos Still

As empilhadeiras elétricas vêm ganhando cada vez mais espaço – principalmente pelo fato de não emitirem poluentes e serem ideais para o trabalho em locais fechados.

E como as empilhadeiras elétricas Still são conhecidas e reconhecidas em todo o mundo pela versatilidade, pelo excelente custo-benefício e pela tecnologia de ponta, trazemos hoje pra vocês algumas das opções disponíveis de equipamentos elétricos da Still – empilhadeiras, transpaleteiras e selecionadoras de pedidos.

TRANSPALETEIRA ELÉTRICA STILL EXU

Transpaleteira elétrica Still ideal para o carregamento de caminhões – dispõe de excelente precisão e agilidade, velocidade e robustez para atender às exigências dos modernos terminais de logística.

 

EMPILHADEIRA ELÉTRICA STILL FMX 

fmx-empilhadeira-eletrica-still-jmempilhadeiras

Excelente estabilidade com alta capacidade de carga residual, a Empilhadeira Still FMX tem aceleração, velocidade de condução e velocidade de elevação dos garfos que garantem a maior produtividade, sendo totalmente controladas eletronicamente e programáveis me forma individual, com comandos das funções hidráulicas precisos e seguros graças ao sistema de válvulas proporcionais para as funções de elevação e descida dos garfos e avanço e recuo do mastro.

EMPILHADEIRA ELÉTRICA RX-60

empilhadeira-eletrica-still-jmempilhadeiras

Empilhadeira Still RX60 pode elevar até duas toneladas com um centro de carga de 500 mm. Tem unidade de corrente rotativa sem manutenção com 80 Volt e velocidade de condução de até 20 km/h. Possui energia suficiente para operações de multi-turnos com alta capacidade da bateria e substituição lateral. Dispões de controle de desempenho perfeito – o display mostra o uso restante do tempo usando o programa de condução.

TRANSPALETEIRA ELÉTRICA STILL EXP

transpaleteira-eletrica-still-jmempilhadeiras

Transpaleteira elétrica Still EXP tem unidade trifásica sem manutenção, 24V ou 48V, manejo eficaz de mercadorias devido a altas velocidades de condução e elevação (13km/h e 0,4m/s). Energia da Transpaleteira elétrica Still EXP é suficiente para operações de multi-turnos graças à bateria de capacidades até 1240Ah (24V) ou 930Ah (48V). Ação eficiente com cargas pesadas mesmo em grandes alturas de elevação – Operação sensível e controle contínuo da velocidade de elevação graças à tecnologia de válvula proporcional.

EMPILHADEIRA STILL RX50

empilhadeira-eletrica-still-rx50-jmempilhadeiras

A melhor empilhadeira elétrica de três rodas do mundo agora é produzida no Brasil. A Empilhadeira Still RX50 lança tendências quando se trata de ergonomia, economia de energia e produtividade. Desde o mastro e colunas da proteção do operador estreitas para um maior campo de visão até o conjunto da cabine com os comandos de controle perfeitamente distribuídos, cada detalhe é projetado de forma a proporcionar o melhor conforto e segurança à operação.

 

SELECIONADORA ELÉTRICA DE PEDIDOS STILL 

transpaleteira-eletrica-still-kmsx-jmempilhadeiras

A Selecionadora de Pedidos Still KMSX é um modelo ideal para a seleção de pedidos (picking) sobre paletes. Opcionais como prolongamento dos garfos até 2.400mm possibilitando o transporte de dois paletes ao mesmo tempo, e elevação da plataforma do operador até 1 metro de altura, possibilitando a seleção de pedidos no segundo nível, agilizam o processo de picking. Sistema da Selecionadora é composto de motor de 2,2 kW, bomba de engrenagens, tanque, válvula solenóide e válvula de limitação de pressão de elevação integrados. Este potente sistema hidráulico provê uma elevação mesmo com carga nominal em um curto espaço de tempo, gerando alta produtividade.

EMPILHADEIRA ELÉTRICA STILL EGV 14/16

empilhadeira-egv-still-jmempilhadeiras
Com corredores de trabalho menores do que 2,5 metros, você consegue movimentar a Empilhadeira Elétrica com operador em pé EGV 14/16 e elevar os seus paletes até 5,46 metros de altura. Uma ótima opção para quem precisa vertizalizar a armazenagem de produtos e matéria prima mantendo corredores estreitos. Parte suavemente e acelera de modo contínuo e uniforme até atingir a sua velocidade máxima.  Sistema anti roll back evita que, quando da partida em rampa, a máquina desça involuntariamente. Sistema ramp start que confere à EGV um maior torque inicial, especialmente em rampas.

ORÇAMENTO 

A JM Empilhadeiras é representante OFICIAL das marcas de empilhadeiras Linde e Still,  com vendas exclusivas para a região Centro Oeste do Estado de São Paulo e locação para todo o Brasil.

Acesse AGORA o link abaixo e peça um orçamento.

Manutencao preventiva empilhadeiras

 

JM é líder na categoria “Manutenção”

A JM Empilhadeiras foi eleita a empresa que tem o melhor serviço de manutenção de empilhadeiras, e ganhou o prêmio “Top Manutenção 2018”.

Esta é a 4ª edição do “Prêmio Painel Logístico Senai”, que por meio de pesquisas de mercado, comitê técnico do Senai e consultorias, premia as empresas que são destaque no segmento de logística.

O diretor José Antonio Ayub Bicalho, e o gestor de marketing Rurik Travain Ayub, estiveram na cidade de São Paulo, no dia 6 de dezembro, para receberem o prêmio.

Este é segundo ano consecutivo que a JM Empilhadeiras recebe a premiação. No ano passado, a empresa também foi premiada como sendo a melhor assistência técnica do mercado.

Prêmio vem ao encontro da

Visão de negócios da JM”

 

O responsável pelo setor de Marketing da JM, Rurik Travain Ayub, explica que este prêmio vem demonstrar que a empresa está no caminho certo.

“Nós temos uma visão de negócios que é tornar a JM Empilhadeiras a melhor solução no segmento de movimentação de cargas do país, reconhecida pela eficiência operacional e pela excelência na prestação de serviços. Estamos investindo em tecnologias, infraestrutura e principalmente na qualificação técnica das nossas equipes. E os resultados mostram que estamos no caminho certo”, avalia Rurik.

SOBRE A JM EMPILHADEIRAS

Com 30 anos de atuação no segmento de movimentação de cargas, a JM Empilhadeiras já tem mais de 1.000 máquinas locadas no país.

Representante oficial do Kion Group, a JM atua com vendas, locação e assistência técnica das empilhadeiras Linde e Still.

A sede da empresa fica na cidade de Agudos, e os dois grandes centros de assistência técnica nas cidades de Lençóis Paulista e Cuiabá. A JM tem ainda unidades operacionais em mais de 10 estados do país.

Parabéns a toda a equipe JM Empilhadeiras por mais esta conquista!

 

empilhadeira-eletrica-ou-a-combustao

Empilhadeira elétrica ou à combustão?

Quando se fala em escolher uma empilhadeira a primeira dúvida é: optar por um equipamento elétrico ou à combustão?

Na Europa, os critérios para emissão de poluentes estão cada vez mais rígidos. Assim, as empilhadeiras elétricas estão sendo bem mais utilizadas por não emitirem esses gases. E aqui no Brasil, a perspectiva futura é a mesma. No entanto, em determinadas operações os equipamentos à combustão (diesel ou GLP) terão melhor desempenho.

Para ajudar você nesta escolha, separamos as características principais de cada tipo de empilhadeira. 

EMPILHADEIRAS ELÉTRICAS

  • São mais versáteis e de fácil operação em locais estreitos (hoje já temos equipamento com capacidade de até 8 mil quilos, com centro de carga de 900mm. Portanto, em relação à capacidade, as empilhadeiras elétricas só ficam atrás dos equipamentos a diesel)
  • Tem alto grau de giro no próprio eixo
  • São mais silenciosas
  • Não emitem gases poluentes (importante diferencial)
  • Indicadas principalmente para lugares fechados, como depósitos, fábricas, câmaras frigoríficas e almoxarifados.

EMPILHADEIRAS À COMBUSTÃO A GÁS (GLP)

  • Emitem menos poluentes que as empilhadeiras a diesel
  • Indicadas para lugares cobertos ou fechados, mas que disponham de ventilação.
  • Ideal para indústrias metalúrgicas e transporte de produtos perecíveis já embalados, já que existem restrições para os equipamentos a diesel.

 EMPILHADEIRAS À COMBUSTÃO  A DIESEL

  • São as empilhadeiras mais robustas com maior capacidade de carga, comparadas às GLP’s e às elétricas.
  • Possuem mais autonomia
  • As empilhadeiras a diesel têm melhor desempenho em pisos irregulares
  • Combustível (diesel) mais acessível que os cilindros das empilhadeiras a gás.
  • Indicadas para operações brutas, em ambientes externos ou com bastante ventilação.

 

IMPORTANTE

Antes de escolher sua empilhadeira, você deve primeiramente avaliar critérios da sua operação, como a altura do local, a questão da ventilação, medidas das portas de acesso e corredores, peso e medida média das cargas que vão ser transportadas, além do piso e da elevação que será preciso.

Por isso é importante que você consulte uma equipe especializada na hora de escolher o equipamento ideal para suas operações. Entre em contato AGORA que nós podemos ajudar você.

CLIQUE AQUI para acessar as Empilhadeiras Linde à combustão

CLIQUE AQUI para acessar as Empilhadeiras Still elétricas e à combustão

luzes-seguranca-jm-empilhadeiras

Mais segurança nas operações!

Operações com empilhadeiras envolvem riscos que podem e devem ser evitados por meio de treinamentos, equipamentos sempre revisados e atenção dos operadores às normas técnicas que regulamentam a movimentação de cargas.

MUITO MAIS SEGURANÇA

Para ampliar o nível de segurança e proteger operadores e pedestres, novos acessórios e tecnologias foram criadas e estão sendo amplamente incorporadas pelas empresas.

E o grande destaque são os sinais luminosos, como Blue Spot e o Red Zone. Atualmente, apenas as luzes estroboscópica ou giroflex são obrigatórias, mas algumas empresas já estão tornando outros, como o Blue Spot, obrigatório em suas operações.

Confira três soluções de acessórios:

BLUE SPOT

Indispensável para a segurança nas operações, o farol anti-colisão Blue Spot atua como um alerta para pedestres e veículos por meio de uma fonte luminosa de led projetada no chão, à frente da direção do percurso do equipamento.

blue-spot-jmempilhadeiras

  • Protege operadores e pedestres.
  • Pode ser utilizado em conjunto com os dispositivos sonoros ou luzes estroboscópicas já existentes.
  • Perfeito em cruzamentos de baixa visibilidade e cruzamentos em corredores transversais.
  • 5 luzes de LED de longa duração, sem necessidade de manutenção.
  • Distancia ajustável do feixe de luz azul de acordo com suas necessidades.
  • Pode ser configurado para fornecer um feixe azul constante ou intermitente.
  • Projetado para aplicações em armazéns ou fabricas.
  • É multi-tensão, podendo ser instalado nas empilhadeiras e outros veículos industriais de 9-80 volts.
  • Feixe de luz azul de fácil identificação (inclusive deficientes auditivos).
  • Baixo investimento quando comprado a outros sistemas

SISTEMA DE ALERTA LATERAL

O Sistema de Alerta Lateral age como um aviso para os pedestres em relação à distância segura que podem se aproximar das empilhadeiras. Este Sistema projeta um grande feixe de luz vermelha no piso e permite com o que pedestres possam identificar de forma mais segura como transitar próximos a veículos industriais, afim de eliminar acidentes.

O Sistema de Alerta Lateral deve ser aplicado em empilhadeiras, rebocadores elétricos, Plataforma Elevatória ou qualquer outro equipamento industrial em área onde alto fluxo de maquinas e pedestres vulneráveis.

RED ZONE

O dispositivo de alarme e de segurança desenvolvido para armazéns e áreas de grande circulação de pessoas e veículos, emite forte marcação luminosa na cor vermelha, com o objetivo de advertir e exibir a todos colaboradores a área de distância segura a se manter das empilhadeiras.

O Red Zone, com esta faixa intensa de luz vermelha, sinaliza de forma mais clara o possível circuito das empilhadeiras.

O RZ-17 previne, desta forma, possíveis colisões e acidentes. A tecnologia LED possui alta eficiência e baixo consumo de energia, além de ser resistente a vibrações e possuir elevado tempo de vida útil.

 

Faça AGORA o seu orçamento e leve muito mais segurança para sua equipe. Entregas para todo o BRASIL!

Manutencao preventiva empilhadeiras

baterias-tracionárias-empilhadeiras-elétricas

9 dicas para reposição de água nas baterias

O número de empresas que optam por empilhadeiras elétricas vêm crescendo em todo o mundo, principalmente devido às exigências do mercado por equipamentos que utilizam de fontes renováveis de energia.

E como o Brasil segue nessa tendência com o aumento do número de empilhadeiras elétricas comercializadas, é importante você conhecer melhor as particularidades desses equipamentos, principalmente quanto ao processo de reposição de água nas baterias tracionárias.

Água certa… No momento certo… Na quantidade certa!

  1. Utilizar sempre água destilada, desmineralizada ou deionizada, cuja condutância não ultrapasse 30micro Siemens (lembrando que se estocarmos por um longo período água desmineralizada ou deionizada ela tende a aumentar gradativamente sua condutância).
  2. Jamais as baterias podem operar na carga ou na descarga faltando água, e principalmente com placas dos elementos descobertos. Por isso deve ser verificado antes e depois do uso.
  3. Nunca encha os elementos (vasos) tampando a exaustão dos gases provenientes das reações químicas que ocorrem dentro das baterias.
  4. Evite abastecer a água antes das cargas, e se for necessário, coloque água antes de colocar a bateria no processo de carga, que seja somente cobrindo as placas dos elementos que estiverem á amostra.
  5. Mantenha sempre as rolas dos elementos fechadas, tanto na carga, quanto na descarga, para evitar a contaminação do eletrólito.
  6. Utilize SEMPRE os EPIs apropriados para operação das baterias tracionárias.
  7. Nunca faça operações com a bateria seca.
  8. Muita atenção e cuidado com o manuseio porque o eletrólito que fica dentro da bateria contém ácido sulfúrico, sendo um agente extremamente forte que pode provocar queimaduras graves.
  9. O melhor momento para colocar a água é no final de cada carga, pois a liberação de gases já ocorreu em grande quantidade e os elementos que estavam “presos” nas placas já foram liberados.

 

Lembre-se de que a durabilidade das baterias está diretamente ligada aos cuidados no momento da reposição da água.

 

Quer saber qual o processo mais moderno e eficiente de carregamento de baterias? CLIQUE AQUI e confira!

Preventivas em empilhadeiras: quando e por que fazer

Muitos dos problemas que as empilhadeiras apresentam poderiam ser evitados se as manutenções preventivas fossem levadas a sério – inclusive, no que se refere à redução do consumo e ao desempenho do equipamento.

QUANDO FAZER

O intervalo de tempo para se fazer a manutenção preventiva das empilhadeiras varia de equipamento para equipamento. Mas na maioria dos casos, as preventivas devem ser feitas a cada 500 horas.

Os itens a serem observados também variam de acordo com a empilhadeira, sendo o principal deles, no caso das máquinas à combustão, a troca de óleo e filtro, uma vez que a lubrificação do equipamento é de grande importância tanto para garantir a durabilidade das peças como para o bom funcionamento e consumo adequado da empilhadeira (veja abaixo mais detalhes sobre lubrificação)

E no caso das empilhadeiras elétricas, a limpeza e a lubrificação dos componentes elétricos são os itens indispensáveis nas preventivas.

BENEFÍCIOS DA MANUTENÇÃO PREVENTIVA

  • Detectar possíveis falhas ainda não aparentes – que inclusive podem envolver a segurança das operações.
  • Prolongar a vida útil das peças e do equipamento
  • Redução do consumo, uma vez que velas e filtros, por exemplo, vão refletir diretamente na economia.
  • Garantia de maior disponibilidade do equipamento – já que as manutenções corretivas demandam mais tempo e não são programadas

LUBRIFICAÇÃO DE EMPILHADEIRAS

Assim como acontece com os carros, muita gente ainda não se deu conta do quanto à lubrificação interfere no desempenho, na economia e na vida útil das peças e componentes das empilhadeiras.

Estudos indicam que os técnicos e operadores que zelam pela lubrificação vão perceber um custo menor de manutenção de até 35%. E o mais impressionante é que você poderá ter uma vida útil 10 vezes do equipamento maior se forem observados todos os cuidados com a lubrificação.

FUNÇÕES DO LUBRIFICANTE

Como você sabe, o funcionamento do motor acontece por movimento. E esse movimento entre as peças acaba gerando um atrito e o cisalhamento desses componentes. É aí que entra o trabalho do lubrificante – ele forma uma película que impede o contato direto entre essas superfícies, reduzindo o atrito e evitando o desgaste das peças.

Mas não é só isso. O lubrificante também tem outras funções importantíssimas, como:

  • Resfriar as peças evitando o aumento excessivo da temperatura
  • Manter a vedação dos sistemas (ele impede a entrada de detritos ou de gazes no motor)
  • Limpar as impurezas do motor
  • Transmitir força no caso de sistemas hidráulicos

ADITIVO

Hoje os óleos sintéticos e semissintéticos, diferentemente dos antigos óleos minerais, já possuem em seus compostos aditivos para melhorar a performance do lubrificante e, consequentemente, o desempenho da sua empilhadeira.

Os princípios mais relevantes dos aditivos acrescentados no óleo são:

  • Dispersantes: dissolver e impedir a formação de depósito de detritos
  • Detergente: impedir a formação de depósitos e estratos de ferrugem em altas temperaturas
  • Antioxidantes: evitar o contato direto ente as partes mecânicas em movimento
  • Modificadores de atrito: melhorar as propriedades lubrificantes do óleo
  • Abaixadores do ponto de fluidez: permitir a utilização do óleo em baixas temperaturas

LUBRIFICANTES PARA EMPILHADEIRA

As empilhadeiras utilizam os mesmos óleos de veículos automotivos – ou seja, não há necessidade de se utilizar um lubrificante feito exclusivamente para o equipamento, pois os automotivos atendem plenamente as exigências de lubrificação da empilhadeira.

Existem três tipos de lubrificantes:

  • Minerais: o óleo mineral possui uma pequena combinação de aditivos e é obtido por meio do refino do petróleo. São mais baratos e atendem apenas as exigências dos motores mais antigos, e por terem uma durabilidade menor, as trocas são feitas com maior frequência. Este tipo de óleo não é indicado para empilhadeira por apresentar pouco desempenho e capacidade de proteção, se comparado aos modernos lubrificantes sintéticos.
  • Sintéticos: esses óleos, como o próprio nome diz, são fabricados e obtidos por meio de reações químicas. Por serem totalmente desenvolvidos em laboratório e de forma controlada, já são projetados para necessidades específicas.
  • Semissintéticos: este é o óleo mais indicado para empilhadeiras – pois durante a sua produção ele emprega tanto as qualidades do mineral como a do sintético – sendo de ótima qualidade e de custo mais acessível que os sintéticos.

CLASSIFICAÇÃO

Imagine que você vai comprar um lubrificante para empilhadeira e se depara com uma série siglas. Por exemplo:  Lubrificante API-SJ SAE 20W50

  • API SJ: API é a sigla que representa “nível de desempenho do lubrificante”. Ela é seguida da letra “S”, que se refere a motores à combustão movidos à gasolina. Se fosse um motor a diesel, seria API C, e se fosse um lubrificante para engrenagens, API GL.

Já a letra “J” indica a evolução do óleo – e quanto maior a letra, maior o estágio de evolução do lubrificante. Por isso os carros com tecnologia mais moderna só podem utilizar óleos SJ ou SM. Já os mais antigos, letras menores são mais indicadas.

  • SAE 20W50: Esta é indicação da viscosidade do óleo. SAE é a sigla em inglês de

“Sociedade de Engenheiros Automotivos”. O número em seguida vai indicar a viscosidade em baixas temperaturas. Quanto mais baixo for o número, mais apropriado para ambientes mais frios. Já o segundo número, o 50 (depois da letra W que significa inverno em inglês), indicará a viscosidade do óleo em altas temperaturas – ou seja, durante as operações da empilhadeira.

NOTA: hoje a maioria das embalagens vem com a identificação mais simplificada. Como neste exemplo do lubrificante API-SJ SAE 20W50, você provavelmente encontrará nos rótulos SJ 20W50.

JAMAIS MISTURE LUBRIFICANTES

Sabe aquela história de completar o óleo em vez de trocá-lo? Além de não ser indicado, há uma observação importantíssima para a saúde dos componentes e peças: você não deve misturar lubrificantes.

A principal razão para não completar o nível de lubrificante da vareta com um produto diferente é que os aditivos podem não combinar entre si – podendo, inclusive, um anular os benefícios do outro quando misturados.

Marcas também não devem ser misturadas – mesmo que o lubrificante tenha características iguais, pois cada fabricante de óleo utiliza aditivos próprios e que podem ser diferentes. Lembre-se: a má lubrificação pode ocasionar corrosão no motor, formação de borra, perda de eficiência do equipamento e aumento no consumo.

IMPORTANTE: Em última instância, caso você não encontre mais o óleo da mesma marca e precisa trocar, siga essas dicas: Não deixe uma gota sequer do lubrificante antigo na vareta – Troque o filtro – encha o cárter com o óleo novo até atingir o nível correto apontado na vareta.

GRAXAS

Pouca gente já parou pra pensar, mas as graxas utilizadas para lubrificação de componentes da empilhadeira são lubrificantes em estado pastoso, já que em formato líquido não teria o mesmo efeito para lubrificar certos componentes, como uma corrente, por exemplo.

Na hora de escolher a melhor graxa, deve-se levar em conta fatores como consistência, faixa de temperatura e propriedades anticorrosivas.

  • À base de cálcio: normalmente usadas em temperaturas de até 60ºC
  • De sódio: podem ser usadas em temperaturas entre -30ºC e 80ºC
  • À base de lítio: adequadas para temperaturas entre -30ºC e 110ºC

QUANDO TROCAR

Como vimos no início desse material, zelar pela lubrificação aumentará consideravelmente a vida útil dos componentes da empilhadeira.

Mas afinal, devo fazer a troca do óleo a cada quantas horas de uso?

Seríamos muito insensatos se respondêssemos essa pergunta com uma quantidade de horas válida para qualquer equipamento. Além de cada um possuir suas características próprias (daí a necessidade de seguir o Manual), há também variáveis que devem ser levadas em conta, como o tipo de uso da empilhadeira.

Há casos em qua a troca acontece a cada 500 horas, como há empilhadeiras que precisam dessa manutenção preventiva a cada 250 horas – daí a impossibilidade de limitar um tempo geral para todo equipamento.

IMPORTANTE: Lembre-se que lubrificação não se faz apenas no motor. Outros sistemas também devem ser lubrificados:

  • Diferencial: fique atento e dê atenção especial à lubrificação da coroa e do Pinhão. Geralmente, essa manutenção é feita a cada mil horas.
  • Mancais e cilindro: os mancais da torre e os cilindros de inclinação devem ser engraxados com frequência – principalmente se o equipamento trabalhar em lugares com poeira ou outro tipo de sujeira.
  • Eixo: o eixo direcional é outro componente que precisa ser engraxado com frequência – e assim como o mancal, se você operar em lugares com poeira a lubrificação deve ser mais frequente.
  • Transmissão: só quem já precisou fazer reparos na suspensão sabe a dor de cabeça e o prejuízo que isso dá. Portanto, muita atenção principalmente à lubrificação do conversor de torque do equipamento – pois é o componente com maior índice de atrito.

PLANOS DE LUBRIFICAÇÃO

Se você não tem ou não segue um plano de manutenção preventiva, é muito importante rever seus conceitos. É imprescindível um plano se você quiser que seu equipamento opere com mais desempenho e que os componentes tenha suas vidas úteis prolongadas.

Se você não tem, monte um plano junto com sua equipe ou peça auxílio para uma empresa especializada.

Neste plano deve conter a lubrificação, além do motor, de componentes como:

  • Todos os engates e articulações
  • Superfícies de atrito da torre
  • Superfícies de atrito do carro porta garfos
  • Mancais
  • Correntes de elevação
  • Rolamentos das rodas
  • Eixo direcional, pino rei e terminais

 

E NO CASO DAS BATERIAS?

baterias-tracionárias-empilhadeiras-elétricas

A manutenção preventiva também inclui o cuidado com as baterias, no caso das empilhadeiras elétricas. Fique atento sobre os fatores que podem comprometer a durabilidade das baterias:

  • Deixar que falte água: apesar de óbvio, há operadores que ainda falham neste processo.
  • Trabalhar com ela muito aquecida: Acima de 35°C, o sulfato de chumbo passa a perder suas propriedades e o componente vai decantando para o fundo da bateria.
  • Trepidação: em pisos irregulares e em manobras mais brutas: acontece de a massa desprender das placas e ficar alojada no fundo da bateria, também influenciando na durabilidade do componente.

 

FAÇA UM ORÇAMENTO

A JM EMPILHADEIRAS é referência em locação, vendas e também em assistência técnica multimarcas de empilhadeiras, conquistando importantes prêmios nesta categoria. Acesse agora o link abaixo e faça um orçamento com a JM Empilhadeiras.

Manutencao preventiva empilhadeiras

carregador-inteligente-baterias-empilhadeiras-elétricas-fronius

Fronius: o melhor carregamento para baterias tracionárias

fronius carregador bateria tracionaria empilhadeiras

PROCESSO DE CARREGAMENTO Ri DA FRONIUS

Apresentamos a você o mais moderno e revolucionário sistema de carregamento de baterias tracionárias de chumbo-ácido da atualidade: Processo de Carregamento Ri da Fronius.

O QUE É

Este moderno sistema verifica o estado da bateria com ajuda da resistência interna efetiva (Ri) e ajusta a curva do carregamento. Ou seja, o processo Ri da Fronius não segue nenhuma curva característica fixa e se adapta a cada bateria individualmente, gerando máxima eficiência energética e elevada vida útil para as baterias.

Assim, cada ciclo de carregamento é único, com uma curva característica diferenciada – uma vez que esses ciclos dependem, dentre outros fatores, da idade, da temperatura e do estado da carga da bateria.

Processo de carregamento Ri da Fronius - baterias tracionarias

 CARREGAMENTO NA MEDIDA

Com o Processo Ri da Fronius, a bateria irá receber apenas a quantidade de corrente de que realmente precisa na fase de carregamento. Isso reduz o consumo de energia e a emissão de CO2.

Além disso, evitam-se perdas de carga no início do carregamento e durante a fase de reabastecimento.

E MAIS…

O aquecimento no carregamento, que danifica a bateria permanentemente, também é reduzido com o processo de carregamento Ri da Fronius.

 6 MOTIVOS PARA ESCOLHER A FRONIUS

1. Aumento da vida útil da bateria
2. Menor aquecimento durante o processo de carregamento
3. Maior eficiência energética
4. Redução do consumo de energia
5. Redução da emissão de CO2
6. Diminuição do custo operacional total das empilhadeiras elétricas

 

[fvplayer src=”https://www.jmempilhadeiras.srv.br/site/wp-content/uploads/2018/05/processo-carregador-de-baterias-tracionarias-empilhadeiras-fronius.mp4″ splash=”https://www.jmempilhadeiras.srv.br/site/wp-content/uploads/2018/05/carregador-baterias-empilhadeiras.png” width=”640″ height=”360″]REPRESENTANTE OFICIAL

A JM Empilhadeiras é representante OFICIAL da Fronius. Se você tem empilhadeiras elétricas em suas operações, entre em CONTATO AGORA e veja como é fácil levar toda essa tecnologia para os seus negócios.

 

botao orcamento

Lubrificação de empilhadeiras

Lubrificação de empilhadeiras

Assim como acontece com os carros, muita gente ainda não se deu conta do quanto à lubrificação interfere no desempenho, na economia e na vida útil das peças e componentes das empilhadeiras.

Estudos indicam que os técnicos e operadores que zelam pela lubrificação vão perceber um custo menor de manutenção de até 35%. E o mais impressionante é que você poderá ter uma vida útil 10 vezes do equipamento maior se forem observados todos os cuidados com a lubrificação.

FUNÇÕES DO LUBRIFICANTE

Como você sabe, o funcionamento do motor acontece por movimento. E esse movimento entre as peças acaba gerando um atrito e o cisalhamento desses componentes. É aí que entra o trabalho do lubrificante – ele forma uma película que impede o contato direto entre essas superfícies, reduzindo o atrito e evitando o desgaste das peças.

Mas não é só isso. O lubrificante também tem outras funções importantíssimas, como:

  • Resfriar as peças evitando o aumento excessivo da temperatura
  • Manter a vedação dos sistemas (ele impede a entrada de detritos ou de gazes no motor)
  • Limpar as impurezas do motor
  • Transmitir força no caso de sistemas hidráulicos

ADITIVO

Hoje os óleos sintéticos e semissintéticos, diferentemente dos antigos óleos minerais, já possuem em seus compostos aditivos para melhorar a performance do lubrificante e, consequentemente, o desempenho da sua empilhadeira.

Os princípios mais relevantes dos aditivos acrescentados no óleo são:

  • Dispersantes: dissolver e impedir a formação de depósito de detritos
  • Detergente: impedir a formação de depósitos e estratos de ferrugem em altas temperaturas
  • Antioxidantes: evitar o contato direto ente as partes mecânicas em movimento
  • Modificadores de atrito: melhorar as propriedades lubrificantes do óleo
  • Abaixadores do ponto de fluidez: permitir a utilização do óleo em baixas temperaturas

LUBRIFICANTES PARA EMPILHADEIRA

As empilhadeiras utilizam os mesmos óleos de veículos automotivos – ou seja, não há necessidade de se utilizar um lubrificante feito exclusivamente para o equipamento, pois os automotivos atendem plenamente as exigências de lubrificação da empilhadeira.

Existem três tipos de lubrificantes:

  • Minerais: o óleo mineral possui uma pequena combinação de aditivos e é obtido por meio do refino do petróleo. São mais baratos e atendem apenas as exigências dos motores mais antigos, e por terem uma durabilidade menor, as trocas são feitas com maior frequência. Este tipo de óleo não é indicado para empilhadeira por apresentar pouco desempenho e capacidade de proteção, se comparado aos modernos lubrificantes sintéticos.
  • Sintéticos: esses óleos, como o próprio nome diz, são fabricados e obtidos por meio de reações químicas. Por serem totalmente desenvolvidos em laboratório e de forma controlada, já são projetados para necessidades específicas.
  • Semissintéticos: este é o óleo mais indicado para empilhadeiras – pois durante a sua produção ele emprega tanto as qualidades do mineral como a do sintético – sendo de ótima qualidade e de custo mais acessível que os sintéticos.

CLASSIFICAÇÃO

Imagine que você vai comprar um lubrificante para empilhadeira e se depara com uma série siglas. Por exemplo:  Lubrificante API-SJ SAE 20W50

  • API SJ: API é a sigla que representa “nível de desempenho do lubrificante”. Ela é seguida da letra “S”, que se refere a motores à combustão movidos à gasolina. Se fosse um motor a diesel, seria API C, e se fosse um lubrificante para engrenagens, API GL.

Já a letra “J” indica a evolução do óleo – e quanto maior a letra, maior o estágio de evolução do lubrificante. Por isso os carros com tecnologia mais moderna só podem utilizar óleos SJ ou SM. Já os mais antigos, letras menores são mais indicadas.

  • SAE 20W50: Esta é indicação da viscosidade do óleo. SAE é a sigla em inglês de

“Sociedade de Engenheiros Automotivos”. O número em seguida vai indicar a viscosidade em baixas temperaturas. Quanto mais baixo for o número, mais apropriado para ambientes mais frios. Já o segundo número, o 50 (depois da letra W que significa inverno em inglês), indicará a viscosidade do óleo em altas temperaturas – ou seja, durante as operações da empilhadeira.

NOTA: hoje a maioria das embalagens vem com a identificação mais simplificada. Como neste exemplo do lubrificante API-SJ SAE 20W50, você provavelmente encontrará nos rótulos SJ 20W50.

JAMAIS MISTURE LUBRIFICANTES

Sabe aquela história de completar o óleo em vez de trocá-lo? Além de não ser indicado, há uma observação importantíssima para a saúde dos componentes e peças: você não deve misturar lubrificantes.

A principal razão para não completar o nível de lubrificante da vareta com um produto diferente é que os aditivos podem não combinar entre si – podendo, inclusive, um anular os benefícios do outro quando misturados.

Marcas também não devem ser misturadas – mesmo que o lubrificante tenha características iguais, pois cada fabricante de óleo utiliza aditivos próprios e que podem ser diferentes. Lembre-se: a má lubrificação pode ocasionar corrosão no motor, formação de borra, perda de eficiência do equipamento e aumento no consumo.

IMPORTANTE: Em última instância, caso você não encontre mais o óleo da mesma marca e precisa trocar, siga essas dicas: Não deixe uma gota sequer do lubrificante antigo na vareta – Troque o filtro – encha o cárter com o óleo novo até atingir o nível correto apontado na vareta.

GRAXAS

Pouca gente já parou pra pensar, mas as graxas utilizadas para lubrificação de componentes da empilhadeira são lubrificantes em estado pastoso, já que em formato líquido não teria o mesmo efeito para lubrificar certos componentes, como uma corrente, por exemplo.

Na hora de escolher a melhor graxa, deve-se levar em conta fatores como consistência, faixa de temperatura e propriedades anticorrosivas.

  • À base de cálcio: normalmente usadas em temperaturas de até 60ºC
  • De sódio: podem ser usadas em temperaturas entre -30ºC e 80ºC
  • À base de lítio: adequadas para temperaturas entre -30ºC e 110ºC

QUANDO TROCAR

Como vimos no início desse material, zelar pela lubrificação aumentará consideravelmente a vida útil dos componentes da empilhadeira.

Mas afinal, devo fazer a troca do óleo a cada quantas horas de uso?

Seríamos muito insensatos se respondêssemos essa pergunta com uma quantidade de horas válida para qualquer equipamento. Além de cada um possuir suas características próprias (daí a necessidade de seguir o Manual), há também variáveis que devem ser levadas em conta, como o tipo de uso da empilhadeira.

Há casos em qua a troca acontece a cada 500 horas, como há empilhadeiras que precisam dessa manutenção preventiva a cada 250 horas – daí a impossibilidade de limitar um tempo geral para todo equipamento.

IMPORTANTE: Lembre-se que lubrificação não se faz apenas no motor. Outros sistemas também devem ser lubrificados:

  • Diferencial: fique atento e dê atenção especial à lubrificação da coroa e do Pinhão. Geralmente, essa manutenção é feita a cada mil horas.
  • Mancais e cilindro: os mancais da torre e os cilindros de inclinação devem ser engraxados com frequência – principalmente se o equipamento trabalhar em lugares com poeira ou outro tipo de sujeira.
  • Eixo: o eixo direcional é outro componente que precisa ser engraxado com frequência – e assim como o mancal, se você operar em lugares com poeira a lubrificação deve ser mais frequente.
  • Transmissão: só quem já precisou fazer reparos na suspensão sabe a dor de cabeça e o prejuízo que isso dá. Portanto, muita atenção principalmente à lubrificação do conversor de torque do equipamento – pois é o componente com maior índice de atrito.

PLANOS DE LUBRIFICAÇÃO

Se você não tem ou não segue um plano de manutenção preventiva, é muito importante rever seus conceitos. É imprescindível um plano se você quiser que seu equipamento opere com mais desempenho e que os componentes tenha suas vidas úteis prolongadas.

Se você não tem, monte um plano junto com sua equipe ou peça auxílio para uma empresa especializada.

Neste plano deve conter a lubrificação, além do motor, de componentes como:

  • Todos os engates e articulações
  • Superfícies de atrito da torre
  • Superfícies de atrito do carro porta garfos
  • Mancais
  • Correntes de elevação
  • Rolamentos das rodas
  • Eixo direcional, pino rei e terminais

 

Entre em contato AGORA e saiba mais sobre os serviços de Assistência Técnica, Venda e Locação de empilhadeiras da empresa que tem o melhor pó-venda do país!

Manutencao preventiva empilhadeiras

 

 

 

Mais economia e segurança nas operações

Dicas sobre pneus para você ter mais economia e segurança nas operações

Trocar os pneus cedo demais é perda de dinheiro. Trocá-los tarde é arriscar a segurança das operações. Então o que fazer?

Pensando neste dilema apresentamos aos nossos clientes a Pit Stop Line – uma solução da fabricante Trelleborg pra que você ou sua equipe saiba reconhecer com precisão o momento certo de fazer a troca dos pneus superelásticos.

COMO FUNCIONA: Quando o pneu estiver chegando ao final da vida útil, vai aparecer nele uma faixa de cor laranja bem visível no centro da banda de rodagem (imagem abaixo) – isso indicará que o pneu terá ainda cerca de 100 horas de vida útil – tempo suficiente pra você programar e planejar a troca, trazendo mais economia e é claro, segurança.Trelleborg-PSL-LeaseGraph-1024x575

SAIBA MAIS: Ligue AGORA ou envie um e-mail para saber mais sobre a solução Pit Stop Line e leve mais ECONOMIA e SEGURANÇA para suas operações.

CAT (Centro de Assistência Técnica JM)

Fone: (14) 3263-6999.  E-mail para jm.vendas@jmempilhadeiras.com.br

Luz de segurança para empilhadeira

Conheça essa novidade: Luz de segurança para empilhadeira – muito mais segurança para suas operações

Se você quer operações mais seguras fique de olho nesta novidade. Já estamos utilizando em várias unidades e também comercializando este novo dispositivo: Luz de segurança para empilhadeira  – quando instalado no equipamento, esta Luz de segurança para empilhadeira projeta uma luz intensa de led vermelha para que pedestres e operadores fiquem atento à passagem do equipamento. O mais interessante, é que esse sinal é projetado não apenas à frente, mas em todos os lados da empilhadeira, fechando, assim, um raio de 360 graus durante toda a operação. 

IMPORTANTE: Mesmo que seus equipamentos já tenham dispositivos sonoros, a Luz de segurança se torna fundamental, pois mesmo que pedestres e operadores não ouçam ou não identifiquem de onde vem o sinal sonoro, com a visualização da luz vermelha saberão facilmente que um equipamento está se aproximando.

Quer saber mais sobre esta novidade e levar mais segurança para suas operações? Então entre em contato AGORA pelo telefone (14) 3263-6999, ou envie e-mail para jm.vendas@jmempilhadeiras.com.br.

Confira abaixo um pequeno vídeo da atuação da Luz de segurança para empilhadeira em uma Unidade da JM:

 

Quanto dura uma bateria tracionária de empilhadeira?

Quanto dura uma bateria tracionária de empilhadeira?

Saiba quanto tempo em média  dura uma bateria tracionária de empilhadeira e o que fazer para aumentar a durabilidade

Essa é uma pergunta básica e a resposta é: depende… Se tomadas as providências e os cuidados necessários, o tempo médio de durabilidade de uma bateria pode ultrapassar os quatro anos. Caso não haja preocupação da equipe com esses cuidados básicos, esse tempo será bem menor.

Fique atento sobre os fatores que podem comprometer a durabilidade das baterias:

  • Deixar que falte água: apesar de óbvio, há operadores que ainda falham neste processo.
  • Trabalhar com ela muito aquecida: Acima de 35C, o sulfato de chumbo passa a perder suas propriedades e o componente vai decantando para o fundo da bateria.
  • Trepidação: em pisos irregulares e em manobras mais brutas: acontece de a massa desprender das placas e ficar alojada no fundo da bateria, também influenciando na durabilidade do componente.

DÚVIDAS: Se você tem dúvidas sobre este ou outro assunto, ou quer dar alguma sugestão de melhoria, envie um e-mail para jm.treinamentos@jmempilhadeiras.com.br.