Qual o pneu ideal para empilhadeira?

Qual o pneu ideal para empilhadeira?

pneus-empilhadeiras

É comum chegar até nós perguntas sobre o combustível mais indicado, as empilhadeiras mais econômicas, e por aí afora. E um questionamento que tem aterrissado por aqui com frequência é sobre qual o tipo de pneu é o mais indicado para as empilhadeiras.

Assim como escolher a empilhadeira ideal envolve a avaliação de uma série de particularidades das operações, a escolha dos pneus das empilhadeiras também depende de uma série de variantes.

É preciso, por exemplo, saber antes em que tipo de piso será aplicado o pneu, qual o grau de intensidade da operação, as distâncias médias percorridas, a velocidade predominante, o percentual de trabalho com carga máxima, etc.

 Por isso que recomendamos sempre o contato com um especialista para que todas essas variantes sejam avaliadas.

Trazemos hoje pra você os 3 tipos de pneus utilizados em empilhadeiras e as características básicas de cada um deles, bem como dicas de conservação dos pneus.

Mas lembramos: quando for comprá-los peça para a empresa vendedora avaliar as particularidades da sua operação.

PNEUS PNEUMÁTICOS PARA EMPILHADEIRAS

pneus-empilhadeiras-pneumáticos

Pneus pneumáticos de empilhadeiras são como aqueles utilizados em carros – possuem câmeras de ar. Mas as semelhanças param por aí, já que os pneus pneumáticos para empilhadeiras são feitos com um revestimento de borracha bem reforçado e espesso, garantindo uma camada de proteção bem resistente.

Como eles absorvem bem os impactos causados por pisos irregulares, os pneus pneumáticos para empilhadeiras são indicados para ambientes abertos, com solo compactado, pisos ásperos, abrasivos ou irregulares.

Operações nessas condições exigem mais estabilidade, daí a indicação para que as empilhadeiras estejam equipadas com os pneumáticos.

Outra vantagem deste tipo de pneu é que, por absorverem as irregularidades do piso, trazem menos vibração e ruídos para o operador.

PNEUS MACIÇOS PARA EMPILHADEIRAS

pneus-empilhadeiras-maciço

Se a sua operação com as empilhadeiras for em pisos lisos, planos, regulares (como asfalto, por exemplo), pneus maciços são indicados.

Como o próprio indica, os pneus maciços para empilhadeiras são feitos de borracha sólida e quase não possuem elasticidade. Deixam as empilhadeiras mais rápidas e não furam- tendo, por isso, maior vida útil que os pneumáticos (desde que rodando em pisos regulares).

PNEUS SUPERELÁSTICOS PARA EMPILHADEIRAS

pneus-empilhadeiras-superlastico

Este é um dos pneus mais usados nos equipamentos locados pela JM Empilhadeiras. O superlástico tem uma elasticidade intermediária entre o maciço e o pneumático (15% da elasticidade desse pneu), e não furam.

Dentre as principais características dos superelásticos é o perfil compacto, robusto e adequado para serviços pesados, saindo-se muito bem nas operações em pisos mais lisos e regulares, tanto dentro como fora dos galpões – (eles têm, ainda, banda de rodagem maior que os maciços).

Esses pneus são excelentes para serviços de rotas curtas (até 200 metros) e rápidas, nas quais devem ser aplicadas velocidades pequenas e médias (entre 16 e 20 km/h).

Para aplicações com cargas que exijam elevações maiores, os pneus superelásticos se adaptam melhor que os pneumáticos por terem menor movimentação lateral da torre da empilhadeira.

Outro fator determinante é que esse é um produto que praticamente não necessita de manutenção e evita ainda os tempos perdidos nas eventuais trocas de pneus por perfuração, algo extremamente crítico nas operações de carga e descarga.

 DICAS PARA CONSERVAÇÃO DOS PNEUS DAS EMPILHADEIRAS

Além da escolha correta dos pneus das empilhadeiras, algumas ações tomadas no dia a dia são de grande importante para prolongar a vida útil do pneu e também para garantir a segurança das operações.

Confira as dicas que preparamos pra você.

  • Acompanhe regularmente o desgaste até a linha de limite dos pneus
  • Se os pneus forem pneumáticos, assim como nos carros a pressão deve ser calibrada pelo menos uma vez por semana.
  • Verifique em preventivas o sistema de lubrificação e alinhamento dos sistemas de rodagens.
  • Elimine os pontos e/ou elementos cortantes nas áreas operacionais para preservar as laterais da banda de rodagem.
  • Elimine todo e qualquer objeto ou obstáculo nos trajetos onde as empilhadeiras irão circular.
  • Respeite os limites de velocidade e cargas estabelecidas para o ambiente e para o equipamento.
  • Acompanhe regularmente o desgaste e os danos da banda de rodagem, verificando se não está ocorrendo o “achatamento” da banda de rodagem devido à extração indevida de material pelo ambiente.

 

Esperamos ter ajudado você.

E lembramos que além de locação, vendas e assistência técnica premiada, também atuamos com venda de peças e pneus para empilhadeiras. Entre em contato para saber mais!

 

Manutencao preventiva empilhadeiras