Dicas importantes para aumentar a durabilidade das baterias tracionárias

Dicas pra aumentar a durabilidade das baterias tracionárias

Uma das questões mais comuns que chega até nós é esta: quanto tempo dura uma bateria tracionária de empilhadeiras elétricas?

E a resposta não é tão simples quanto pode parecer, pois o tempo de duração das baterias depende diretamente dos procedimentos e dos cuidados que você tem com o equipamento. Se forem adotadas as medidas corretas, uma bateria tracionária de empilhadeiras elétricas pode durar quatro anos ou até mais.

Confira algumas dicas importantes tanto para aumentar a durabilidade das baterias tracionárias, como também para garantir a segurança da sua equipe (aproveite pra replicar este conteúdo para os responsáveis pelo equipamento e pelo abastecimento das baterias).

  • Não deixe a bateria descarregada por várias horas: atente-se para este fator, inclusive nos finais de semana. Deixar a bateria descarregada faz com ela vá perdendo a autonomia.
  • Trabalhar com ela muito aquecida: Acima de 35°C, o sulfato de chumbo passa a perder suas propriedades e o componente vai decantando para o fundo da bateria, o que é extremamente prejudicial. Portanto, quando o indicador de carga da bateria estiver vermelho, é o momento de recarrega-la.
  • Para não transbordar solução ácida, só abasteça próximo ao final da carga, durante a gaseificação.
  • Trepidação: em pisos irregulares e em manobras mais bruscas acontece de a massa desprender das placas e ficar alojada no fundo da bateria. Esse também é um fator que influencia na durabilidade do componente.
  • Ao encaixar a bateria na empilhadeira, lembre-se de travá-la corretamente para que não saia do lugar.
  • A temperatura de uma bateria tracionária antes da carga deve estar sempre abaixo de 40 graus. Se estiver acima disso, espere que ela esfrie para dar a carga.
  • Cuidado com a falta de água: apesar de ser um tanto quanto óbvio, ainda há operadores que falham neste processo.

 

baterias-tracionarias-jm-empilhadeiras-dicas

MUITA ATENÇÃO À ÁGUA UTILIZADA

  • Sempre utilize água destilada, desmineralizada ou deionizada, com condutância que não ultrapasse 30micro Siemens NOTA: atente-se para o tempo de armazenamento desta água. Se estocarmos por um longo período água desmineralizada ou deionizada ela vai aumentar gradativamente sua condutância.
  • Como dissemos acima, ainda há operadores que não observam a água das baterias. Elas jamais podem operar na carga ou na descarga faltando água, e principalmente com placas dos elementos descobertos. A regra é: verificar sempre, antes e depois do uso.
  • Essa dica é importante: evite abastecer a água antes das cargas, e se for necessário, coloque água antes de colocar a bateria no processo de carga, que seja somente cobrindo as placas dos elementos que estiverem à mostra.
  • Não encha os elementos (vasos) tampando à exaustão dos gases provenientes das reações químicas que ocorrem dentro das baterias.
  • Você sabe qual o melhor momento para colocar a água? A resposta é: no final de cada carga, pois a liberação de gases já ocorreu em grande quantidade e os elementos que estavam “presos” nas placas já foram liberados.
  • Muita atenção e cuidado com o manuseio porque o eletrólito que fica dentro da bateria contém ácido sulfúrico, sendo um agente extremamente forte que pode provocar queimaduras graves.
  • Utilize SEMPRE os EPIs apropriados para operação das baterias tracionárias.

baterias-tracionarias-jm-empilhadeiras-dicas-empilhadeiras-eletricas

 

FALE COM QUEM TEM AUTORIDADE NO ASSUNTO!

Se você precisa de assistência técnica, peças ou quer comprar ou locar um equipamento, fale com a gente. A JM Empilhadeiras é referência nacional no segmento e nossa equipe está à disposição pra ajudar você. CLIQUE AQUI e peça seu orçamento.