Passo a passo pra escolher a empilhadeira certa!

Após a constatação de que sua empresa precisa de uma empilhadeira vem a clássica pergunta: qual equipamento utilizar?

E como hoje há uma grande variedade de marcas, modelos e preços, essa decisão se torna ainda mais complexa e exige cada vez mais que as compras sejam feitas de forma estratégica.

Pra ajudar você nesse processo de escolha e pra que não erre na compra do seu equipamento, elencamos os principais pontos que você precisa observar.

  1. DEFINIR AS PARTICULARIDADES DA SUA OPERAÇÃO

Responder os tópicos abaixo é fundamental para a escolha certa da empilhadeira – além de ser o ponto de partida antes de você começar a saga pela busca do equipamento ideal.

  • Qual a altura máxima do local onde será feita a operação?
  • Como é o piso onde o equipamento irá trabalhar?
  • Qual o peso e as dimensões médias da carga transportada?
  • Quais as medidas dos portões e portas de acesso?
  • Qual será o regime de trabalho do equipamento?
  • Qual é a largura dos corredores
  • Qual a altura média de elevação pretendida?
  • Como é o ambiente onde serão realizadas as operações, abertos ou fechados?
  • Há regulamentação em sua área sobre emissão de poluentes?
  1. EMPILHADEIRA ELÉTRICA OU À COMBUSTÃO?

O passo seguinte é a escolha da empilhadeira – se será elétrica ou à combustão. Confira abaixo os diferenciais de cada uma.

EMPILHADEIRAS ELÉTRICAS

  • Não emitem gases poluentes (importante diferencial) – para algumas operações, como em locais fechados, você deve inevitavelmente optar por empilhadeiras que não emitem poluentes.
  • São mais versáteis e de fácil operação em locais estreitos – já temos equipamento com capacidade de até 8 mil quilos, com centro de carga de 900mm. Portanto, em relação à capacidade, as empilhadeiras elétricas só ficam atrás dos equipamentos a diesel.
  • Tem alto grau de giro no próprio eixo
  • São mais silenciosas
  • Indicadas principalmente para lugares fechados, como depósitos, fábricas, câmaras frigoríficas e almoxarifados.

EMPILHADEIRAS À COMBUSTÃO A GÁS (GLP)

  • Ideal para indústrias metalúrgicas e transporte de produtos perecíveis já embalados, já que existem restrições para os equipamentos a diesel.
  • Emitem menos poluentes que as empilhadeiras a diesel
  • Indicadas para lugares cobertos ou fechados, mas que disponham de ventilação.

 EMPILHADEIRAS À COMBUSTÃO  A DIESEL

  • Indicadas para operações brutas, em ambientes externos ou com bastante ventilação – já que a emissão de gases é bem maior.
  • São as empilhadeiras mais robustas com maior capacidade de carga, comparadas às GLP’s e às elétricas.
  • Possuem mais autonomia
  • As empilhadeiras a diesel têm melhor desempenho em pisos irregulares
  • Combustível (diesel) mais acessível que os cilindros das empilhadeiras a gás.
  1. OPTAR POR UMA EMPILHADEIRA NOVA OU USADA?

still-RX20-empilhadeira-eletrica-still-linde-jmempilhadeirasComo toda compra que for realizada, é preciso ter cuidado para não observar apenas o fator preço e acabar trazendo um cavalo de troia pra dentro da empresa.

Abaixo, elencamos algumas das vantagens de você optar por um equipamento novo.

  • GARANTIA: Uma das principais vantagens de escolher um equipamento novo está a garantida da empilhadeira. Como se tratam de equipamentos que trabalham com cargas e sempre para dar o máximo de desempenho, a garantia do fabricante se torna um fator de grande relevância no momento da escolha entre uma nova ou usada.

 

  • CERTEZA DA PROCEDÊNCIA: Ao comprar um equipamento usado, você acaba tendo que contar com a avaliação aparente da empilhadeira e não saberá com precisão como foi o uso real pelo proprietário (ou proprietários). No caso das empilhadeiras novas, você tem a certeza de que o equipamento estará em plenas condições de uso e com todas as garantias e potencialidade de maior vida útil pela frente.
  • FLEXIBILIDADE NA ESCOLHA: Este é sem dúvida um dos fatores mais importantes que deve ser colocado na balança. Para escolher um equipamento, a análise do ambiente e das particularidades das operações será determinante. Assim, encontrar um equipamento usado ideal para suas operações, da marca desejada, com o preço adequado e acima de tudo em bom estado de uso, será uma tarefa um tanto quanto complexa. No caso das empilhadeiras novas, você analisa as particularidades das operações, do ambiente onde elas serão realizadas e já poderá traçar o perfil da empilhadeira ideal, incluindo a marca com o melhor custo/benefício para o seu negócio.
  • FACILIDADE DE FINANCIAMENTOS: Adquirir um equipamento, seja ele novo ou usado, pode exigir da empresa a busca por facilidades nas condições de pagamentos. E assim como acontece quando vamos comprar um carro, é possível conseguir taxas mais em conta ao comprar equipamentos novos.
  1. DEFINIÇÃO DA MARCA E MODELO DA EMPILHADEIRA

Definidas as necessidades da sua empresa e o tipo da empilhadeira quanto ao combustível, agora é hora de definir qual o modelo e a marca.

Para isso precisará levar em conta vários critérios na hora de escolher o modelo da empilhadeira, tais como: autonomia, capacidade de carga, capacidade de elevação, consumo médio, capacidade residual, durabilidade e disponibilidade de peças.

IMPORTANTE: perceba que em nenhum momento foi citado o fator preço de forma isolada – isso porque o valor da empilhadeira está ligado diretamente à questão do custo/benefício, que é o conjunto dos fatores acima – e fugir disso observando apenas o preço isoladamente é se arrepender poucos meses depois da compra, quando o equipamento parar inesperadamente, quando perceber o alto consumo de combustível, o preço das peças, etc.

VAI DE KION E JM EMPILHADEIRAS

A Kion Group fabrica as empilhadeiras mais renomadas de todo o mundo: Linde e Still.

LINDE: A marca foi criada na Alemanha, ainda em 1904, e é amplamente reconhecida pela inovação tecnológica, pela robustez dos equipamentos, pela gestão energética eficiente e pelos custos operacionais reduzidos – maior de todos os diferenciais que possibilitam alcançar um nível de economia de aproximadamente 40% se comparado às outras marcas. 

STILL: A Still também é de origem alemã, criada em 1920, e é a empresa NÚMERO UM do Brasil – tendo, inclusive, instalado uma fábrica no país, na cidade de Indaiatuba – SP. É extremamente versátil e os equipamentos passam por constantes inovações tecnológicas para se adaptarem às demandas do mercado. E como dispõe de máquinas fabricadas no Brasil, o financiamento por meio do FINAME/BNDES torna a Still a marca mais desejada pelos brasileiros. 

SOBRE A JM EMPILHADEIRAS

A JM Empilhadeiras é representante OFICIAL do Grupo Kion, com vendas para a região Oeste do Estado de São Paulo, e com aluguel e assistência técnica especializada para todo o Brasil – tendo mais de MIL MÁQUINAS locadas no país.

PÓS-VENDA PREMIADA: Em 2017, a JM Empilhadeiras foi eleita a empresa de movimentação de cargas com o MELHOR PÓS-VENDA (prêmio Painel Logístico Senai). No ano seguinte, em 2018, a JM recebeu o prêmio TOP MANUTENÇÃO.

SAIBA MAIS: Se você precisa de apoio no momento de escolher a empilhadeira certa para suas operações, entre em contato AGORA com nossa equipe  

Manutencao preventiva empilhadeiras