baterias-tracionárias-empilhadeiras-elétricas

9 dicas para reposição de água nas baterias

O número de empresas que optam por empilhadeiras elétricas vêm crescendo em todo o mundo, principalmente devido às exigências do mercado por equipamentos que utilizam de fontes renováveis de energia.

E como o Brasil segue nessa tendência com o aumento do número de empilhadeiras elétricas comercializadas, é importante você conhecer melhor as particularidades desses equipamentos, principalmente quanto ao processo de reposição de água nas baterias tracionárias.

Água certa… No momento certo… Na quantidade certa!

  1. Utilizar sempre água destilada, desmineralizada ou deionizada, cuja condutância não ultrapasse 30micro Siemens (lembrando que se estocarmos por um longo período água desmineralizada ou deionizada ela tende a aumentar gradativamente sua condutância).
  2. Jamais as baterias podem operar na carga ou na descarga faltando água, e principalmente com placas dos elementos descobertos. Por isso deve ser verificado antes e depois do uso.
  3. Nunca encha os elementos (vasos) tampando a exaustão dos gases provenientes das reações químicas que ocorrem dentro das baterias.
  4. Evite abastecer a água antes das cargas, e se for necessário, coloque água antes de colocar a bateria no processo de carga, que seja somente cobrindo as placas dos elementos que estiverem á amostra.
  5. Mantenha sempre as rolas dos elementos fechadas, tanto na carga, quanto na descarga, para evitar a contaminação do eletrólito.
  6. Utilize SEMPRE os EPIs apropriados para operação das baterias tracionárias.
  7. Nunca faça operações com a bateria seca.
  8. Muita atenção e cuidado com o manuseio porque o eletrólito que fica dentro da bateria contém ácido sulfúrico, sendo um agente extremamente forte que pode provocar queimaduras graves.
  9. O melhor momento para colocar a água é no final de cada carga, pois a liberação de gases já ocorreu em grande quantidade e os elementos que estavam “presos” nas placas já foram liberados.

 

Lembre-se de que a durabilidade das baterias está diretamente ligada aos cuidados no momento da reposição da água.

 

Quer saber qual o processo mais moderno e eficiente de carregamento de baterias? CLIQUE AQUI e confira!